sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Blocos carnavalescos terão apoio das prefeituras na Baixada.

Imagem ilustrativa da internet.
Apesar da falta de subvenção oficial, blocos vão desfilar na Baixada Fluminense
Mesmo com a crise financeira e a maioria das prefeituras da Baixada Fluminense fechando a mão para financiar qualquer atividade carnavalesca, o Rei Momo mandou avisar que a festa está garantida na região. Os blocos independentes e tradicionais já estão se preparando para invadir as ruas e garantir a alegria dos foliões. Só que, para isso, eles estão tendo que tirar da cabeça o que falta no bolso.

Um exemplo é o Bloco dos Caveiras, de Meriti, que optou por vender camisas (a R$ 15) para ajudar na organização do desfile. Segundo o presidente Léo Freire, de 41 anos, a estimativa é gastar quase R$ 10 mil.

— Por causa da crise, decidimos manter a mesma estrutura do ano passado. Com um palco só e um trio elétrico. Não tinha como aumentar — disse Léo.

O bloco ainda vai começar a promover “esquentas” a partir da próxima quarta-feira, a partir das 18h, no Stop Beer Point, também no Centro, com couvert artístico a R$ 7. Os caveiras se concentram no sábado de carnaval, das 14h às 22h, na Rua Clara Costa.
Bloco dos Caveira toma ruas de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, há seis anos Foto: Cléber Júnior / Extra
— Somos super família. Começou há seis anos com uma brincadeira entre amigos e hoje reúne milhares de pessoas. Procuramos lembrar que todos somos iguais. Ou você sabe dizer se uma caveira foi homem ou mulher? Negro ou branco? — afirmou Marcelo Braga, um dos diretores.

Prefeituras não vão coçar o bolso
A Prefeitura de Meriti faz hoje uma reunião para tratar sobre o carnaval. Enquanto isso, as administrações de Caxias, Belford Roxo e Nova Iguaçu não pretendem gastar dinheiro público com a organização da folia.

— Não temos condição alguma de fazer carnaval esse ano. Preciso equilibrar nossas contas primeiro — frisou Rogério Lisboa, prefeito de Nova Iguaçu.

Em Belford Roxo, entretanto, o governo municipal pretende prestar apoio aos blocos mais tradicionais, que desfilam por São Vicente, Vila Pauline, Lote XV e Heliópolis.
— Vamos estar presentes com serviços públicos, como Guarda Municipal e limpeza das ruas — prometeu o secretário municipal de Cultura, Bruno Nunes.

Diversão em Duque de Caxias
Tradição em Saracuruna. Bloco das Piranhas, de Duque de Caxias, 
 existe há 38 anos Foto: Cléber Júnior / Extra
Os carnavais pelas ruas de Saracuruna, em Caxias, não seriam os mesmos sem o Bloco das Piranhas. Desde 1979, o grupo desfila pelas principais vias do bairro arrastando quase 3 mil pessoas, a maioria vestida de mulher. Para este ano, a diversão também está garantida.

— Sempre fomos independentes, sem dinheiro de prefeitura, de nada. Mas neste carnaval estamos fazendo feijoadas, vendendo camisas, fazendo mais eventos para custear o desfile — explicou Darcir Gama, o Dadá, de 78 anos, presidente da agremiação.

O Bloco das Piranhas desfila no domingo e terça-feira de carnaval, a partir das 16h.
Fonte: Igor Ricardo/Extra Online

Ivete Sangalo vai fechar desfile da Grande Rio em cima do trio elétrico.

Ivete Sangalo estará no trio elétrico em homenagem da Grande Rio Foto: arquivo
Vai terminar no ritmo do axé o desfile da Grande Rio em homenagem a Ivete Sangalo. A baiana virá no ultimo carro da escola, que vai reproduzir, com medidas ainda maiores, o trio elétrico usado pela cantora no carnaval de Salvador. Ivete virá acompanhada do marido, Daniel Cady, e do filho, Marcelo.

Amigos famosos da homenageada, como Preta Gil e Carolina Dieckmann, virão na parte de baixo do carro, espalhados, como se fosse o público que acompanha a cantora em seu desfile pelas ruas da capital baiana.

Ivete Sangalo virá de Ivete Sangalo, não muito diferente de como costuma aparecer em seus shows cima do trio elétrico. Três fantasias estão sendo confeccionadas para que a cantora escolha até o dia do desfile — a Grande Rio é a segunda escola a desfilar no domingo.

A missão caberá a estilista Michelle Xis, de São Paulo, conhecida por suas fantasias leves, muitas vezes inspiradas nos desfiles da Victoria’s Secret. Ela já vestiu Bruna Marquezine, Christiane Torloni e Susana Vieira na Avenida. No fim da confecção, mais de mil cristais Swarovski darão o toque final ao figurino.
Fonte: Extra

Polícia Civil do Rio decide por manter a greve pelo menos até segunda-feira.

Policiais cruzam os braços nas delegacias Foto: Domingos Peixoto / arquivo
Após uma reunião na tarde desta quinta-feira, os policias civis do Rio decidiram manter a greve da categoria, pelo menos, até a próxima segunda-feira. Assim, os serviços nas delegacias estaduais continuarão sendo prestados apenas em casos graves e de urgência. Os agentes cobram o pagamento de tudo o que é devido aos servidores.

Os policiais civis exigem o pagamento do 13º salário, além da quitação do Regime Adicional de Serviço (RAS) e do adicional por metas alcançadas referente ao segundo semestre de 2015. Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio, Fernando Bandeira, a paralisação é essencial para chamar a atenção do governo do estado e da população para os problemas.

— Somos importantes para que a política de segurança pública funcione. Assim, optamos por continuar a greve até que os pagamentos sejam feitos, em especial, o do 13º salário — explicou Bandeira.
Fonte: Bruno Dutra/Extra Online

Polícia flagra furto de petróleo e apreende caminhão tanque em Caxias.



Um caminhão tanque que estava sendo carregado com petróleo furtado da Petrobrás foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Duque de Caxias, na madrugada de ontem. A ação faz parte da operação “Rota Segura”, que reforça o policiamento nas Rodovias Federais do Estado, e contou com apoio da Força Nacional.

Os policiais faziam uma ronda na Rodovia Washington Luís (BR-040), quando foram avisados sobre um caminhão estacionado num terreno próximo, em atitude suspeita. No local indicado, havia uma movimentação de pessoas que fugiram correndo ao perceberem a aproximação das viaturas. As equipes encontraram um carro aberto e com a chave na ignição, além do caminhão tanque que estava sendo carregado através de uma tubulação clandestina.

Uma equipe da Transpetro foi acionada para a verificação do produto. Após chegarem, os técnicos confirmaram que tratava-se de furto de petróleo dos dutos da Petrobrás. O carregamento irregular gerou derramamento no solo, causando graves danos ambientais. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados da Policia Civil.
Fonte: Destaque da Baixada

Corpo de homem é encontrado boiando no Rio Botas, em Belford Roxo.

Imagem ilustrativa da internet.
O corpo de um homem foi encontrado boiando no fim da tarde desta quinta-feira (19), no leito do Rio Botas, em Itaipu, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ainda segundo os Bombeiros, o corpo é de um homem branco, que ainda não foi identificado e a correnteza era forte no momento em que ele foi visualizado. O corpo chamou atenção de quem passava pelo local.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, onde seguiram atrás do corpo. Agentes da Divisão de Homicídios da Baixada também estiveram no local, porém decidiram não comentar sobre o caso.
Fonte: Jornal Destaque Baixada

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

NOSTALGIA: Fotos da década de 80 relembram sucessos dos grandes eventos no Independente do Lote XV.

Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Quem mora na região do Lote XV a mais de 20 anos, pelo menos, vai lembrar desta época que marcou a vida de uma geração e deixou saudades. Os "Bailes lotados do Clube Independente do Lote XV" nos finais de semana.

Esta semana uma grande e admirado amigo meu Marcelo, divulgou em sua página no Facebook, algumas fotos, que não tenho a mínima ideia de onde ele conseguiu, rsrsrsrsr... mas que nos traz boas lembranças, pelo menos para mim que vivi trazem. Marcelo postou antigas fotos do "Concurso GAROTA VERÃO" realizados no Clube Independente do Lote XV em 1985, evento daqueles que tinha uma enorme fila na entrada e casa cheia com certeza.

Antiga fachada do Clube Independente do Lote XV, hoje Catedral da IURD Lote XV na Rua Neves Garcia.
Na época, era uma dos eventos mais aguardados, além da "Noites dos Prêmios" que acontecia no dia 25 de Dezembro dia de Natal, o "Baile" como era chamado na época, antes de adotarem o termo "balada" usado nos dias de hoje, aglomerava uma multidão de jovens vindos de várias parte da região que queriam além de se divertir, conhecer as concorrentes, que em sua maioria eram moradoras do bairro e estudantes de colégios da região, todos aguardavam aquele momento e se aglomeravam na frente do palco durante os desfiles que eram realizados em grande estilo e com várias etapas, inclusive de maio e ou biquíni, para delírio dos marmanjos de plantão, como pode ser percebido nas fotos. Será que você conseguiu identificar alguém no público? Ou será que você mesmo se viu ai?? rsrsrsr...

Foto de 1900 e antigamente, Bigú(Calça), Marcelo(Camiseta vermelha) e Frank(Short amarelos em camisa) na Travessa Rotary esquina da Rua Neves Garcia.
Uma coisa era certa tinha diversão garantida e quem não se lembra das músicas do Steeve Be, Trinere, Korel, Debbie Gibson, Corona, Tony Gracia e dos bailes da Equipe Califórnia com o Dj Feijão e Dj Peroba e se você lembra então não esqueceu dos seus inseparáveis "carregadores de discos LPs" quem ninguém dava nada por eles.

Marcelo Rosa (esquerda) e Frank Dj hoje em dia, quase 3 décadas de experiencia na musica.
Marcelo e Frank, duas feras que até hoje tem uma legião de seguidores de seus trabalhos e eu, é claro, sou um deles e não poderia perder estas oportunidade de homenageá-los meus amigos Marcelo Rosa (Dj, Empresário, Produtor musical, Promotor de eventos, Técnico de Telecomunicações e Informática) e principalmente, homem de família e pai exemplar, diga-se de passagem um "baita profissional", o outro, nada mais nada menos que Franklin Alexsander mais conhecido como Frank DJ, esse cara é incontestável profissional da musica, conhece de tudo e, quer arrumar briga com ele, é só falar que qualquer um hoje em dia é Dj rsrsrsrs...

Marcelo Rosa e o incomparável Feijão.
Mas galera, convenhamos, o cara ralar pra chuchu durante décadas, carrega durante anos uma mala cheia de discos de vinil pesados, pra todo lado aprende com os melhores a tocar naquelas maravilhosas "pick ups techinics" onde aprendeu a mixar na forma tradicional como os melhores e depois de mais de 20 anos querem desmerecer seu trabalho ... Pô! tenha dó kkkkk Hoje a galera carrega uma Pendrive com "Um Milhão de Gigabites no bolso" e um Trilhão de musicas disponíveis na internet... Sem desvalorizar o trabalho dos novatos é claro, mas esses são as verdadeiras feras da musica e dos bailes... Ops! Baladas rsrsrsr

Luiz Mendes, mais conhecido com Peroba Dj dono da Equipe Califórnia.
Outro dia encontrei, aliás ele me encontrou, nosso amigo Feijão, lá no sinal do Gramacho e me deu seu telefone, grande amigo ele e pra quem não sabe Feijão continua no ramo mas como Empresário onde realiza eventos com Trios Elétricos em tudo quanto é parte do Brasil e é amigo de grandes celebridades como Ivete Sangalo e Claudia Leite. Peroba também continua trabalhando na área da musica, mas quem sabe mesmo da vida dele é Marcelo Rosa, pois são grande amigos até hoje. Uma notícia que nos entristeceu mesmo esta semana passada foi o falecimento do amigo Wilson, um dos diretores do Independente, pra quem não lembrou dele, era aquele senhor que ficava na porta do clube pegando os ingressos.
Diretores do Clube Independente do Lote XV. Da esquerda pra direita: Pelé, Roberto, Bigú. Rosival e Nenél.
Marcelo Rosa, o Produtor e Empresário Bimá Dj e Mario Luis ex Dj.
Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Lembrança: Caneca de Shop do Festival realizado no Independente .
Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Concurso Garota Verão na década de 80 no Clube Independente do Lote XV.
Antigo Time de Futebol do Clube Independente.
Marcelo e o saudoso Wilson.
Frank Dj a todo vapor...
Equipe Califórnia até hoje realiza eventos.
Marcelo Rosa e Bimá Dj nos dias atuais.
Quem quiser acompanhar os trabalhos de hoje de Marcelo Rosa e do Espaço Solara é só acessar seu perfil no Facebook em
E pra saber a Agenda de Eventos do DJ Frank acesse o link de sua página em
Por: Rogerio Gomes/Blog do Lote XV
Fotos: Facebook/Marcelo Rosa

Rodoviária do Lote XV recebe "Tapa Buracos"...

A Prefeitura de Belford Roxo iniciou nesta quinta-feira (19 de janeiro) o recapeamento da Estrada Manoel de Sá, no bairro Lote XV. A via liga o município a Duque de Caxias. A previsão é que o serviço, feito pela Secretaria Municipal de Conservação, termine nesta sexta-feira (20). Na próxima semana, o recapeamento será feito na Avenida Automóvel Clube, que corta os bairros Jardim Redentor, Jardim Ideal, entre outros e ainda a Estrada Aníbal da Mota, no Parque São José. 

“Estamos dando prioridade às principais vias de acesso, como por exemplo, a Avenida Joaquim da Costa Lima, que liga o Centro de Belford Roxo a Duque de Caxias. Mas já fizemos tapa-buracos na Avenida Floripes Rocha e na Avenida Benjamin Pinto Dias, ambas no Centro. Nosso objetivo é chegar a todos os bairros”, explicou o secretário de Conservação, Paulo Sérgio Correa Luna (Mano).

Foram realizadas ações de conserto de vazamentos de esgoto no local, onde foi necessário a utilização de uma retroescavadeira que teve que abrir uma vala na Estrada Manoel de Sá próximo ao Banco do Brasil para realizar o reparo antes do asfaltamento deste trecho que recebe os veículos vindos da Av. Governador Leonel Brizola, uma dos principais acessos do motoristas vindos de Duque de Caxias e outros pontos do Rio.

No local eram constantes os congestionamentos provocados pelos enormes buracos e também pelo Semáforo defeituoso e agora o transito deve melhorar no local, apesar do sinal não estar funcionando. De qualquer forma a obra e bem vinda e os carros e principalmente os bolsos dos motoristas agradecem.
Por: Rogerio Gomes
Fotos: Facebook

BOATO ou VERDADE?: Circula na Net a informação de que "USAR CALÇA CAÍDA É SINÔNIMO DE HOMOSSEXUALISMO".

O mito das calças "arriadas" que circulou pela internet em anos passados retornou esta semana as páginas das redes sociais e nos do Blog do Lote XV fomos buscar o fundamento de tais informações pra saber se realmente procedem ou Não... 

Veja o que descobrimos sobre os fatos que deram início a moda que na verdade mistura a realidade da disciplina penitenciária nos Estados Unidos, as desigualdades sociais e a cultura que deram início a moda conhecida como " SAGGING" a moda das calças arriadas tão comuns hoje entre os jovens brasileiros. 

Fato é que o uso de calças baixas vem ganhando muitos adeptos. Teve uma fase onde ela praticamente foi esquecida, mas anda voltando com força graças a um certo astro teen que depois que ficou solteiro, tira fotos de seu bumbum para postar nas redes, anda sem camisa para mostrar que está malhando e vem abusando da calça baixa para mostrar seu bumbum e cueca.

Estou falando de Justin Bieber...
Mas você sabe qual é a origem das calças baixas?
Vários celebridades como Justin Bieber são adeptos a moda das calças arriadas.
A origem considerada mais provável deste estilo são as penitenciárias norte-americanas onde os presidiários têm tamanho único de roupas e não podem usar cintos devido ao perigo de enforcamentos. Depois de cumprirem pena os homens continuavam a usar a calça baixa fora dos presídios por hábito. Muitos desses homens faziam parte da cultura rapper e hip hop e expandiram o uso da calça baixa por meio da mídia.

Quantas vezes eu ouvi isso? Os idosos, os jovens, os brancos, os negros, a lista continua. Agora não posso dizer que isso seja inteiramente falso, porque, para um; Eu nunca passei tempo na prisão, então eu não sei as técnicas de comunicação oculta que viria com uma pena de prisão. Também não me associo a ninguém que tenha feito uma prisão para mergulhar nos mitos da prisão. Tudo o que posso fazer é observar isso a partir de um ponto de vista factual e chegar a uma conclusão baseada fora do que eu sei e há três fatos nesta situação que eu sei.

Um: Você NÃO pode possuir um cinto na prisão.
 Os presidiários que estavam digamos "receptivos" à manter relações sexuais com outros presos precisaram inventar um sinal que passasse despercebido aos guardas ou se não eles sofreriam alguma punição ou consequência. 

Diante da situação os presidiários lá das cadeias americanas que iam ter relações com outros, criaram esse tipo de código visual: quem usasse calças caídas abaixo da cintura, de modo a mostrar parcialmente as nádegas, demonstrava que estava disponível. O sistema prisional é um lugar perigoso onde eles possuem muitos criminosos violentos. É também um lugar desmoralizante para muitos indivíduos não-violentos. Então, essencialmente, você tem um local cheio de um monte de pessoas perigosas e / ou suicidas. 

O que é uma coisa que você não quer que nenhum desses grupos tenha acesso, qualquer tipo de arma. Um cinto pode ser usado para estrangular a si mesmo ou outros e devido a ações judiciais e organizações de direitos humanos, você quer minimizar mortes não associadas com corredor da morte, o mais frequentemente possível. Como resultado, você encontrará muitos presos que foram emitidos mal ajustados roupas com suas calças penduradas ligeiramente mais baixo em sua cintura onde calças naturalmente descansar.

Dois: Pobreza e o que você pode pagar.
Crescendo no bem-estar Eu sei uma coisa ou duas sobre crescer pobre. Em seus guetos locais ao longo do último par de décadas você vai encontrar muitos meninos em torno da idade adolescente flacidez suas calças. Durante a adolescência, você passa pela puberdade e muitas mudanças físicas. Como meninos crescendo em homens, você normalmente vai notar um surto de crescimento incrível acontecendo durante esses anos. 

Lembro-me de brotar estranhamente 5-6 polegadas um verão sozinho. Viver no bem-estar, onde em muitos estados o coloca sob a linha da pobreza; Uma mãe solteira não pode dar ao luxo de comprar continuamente jeans novos a cada poucos meses. Então o que acontece? Ela vai comprar as calças de alguns tamanhos grandes demais para lhe dar tempo para crescer em si e tomar alguma pressão fora do fardo financeiro levantando um menino em crescimento só pode colocar em você. Também muitas vezes nestas situações, um cinto é um luxo, não uma necessidade. 

Assim, assim, aquele jovem garoto vai encontrar-se andando com calças muito grandes, pendurando meio caminho fora de sua bunda.
Nos EUA, um deputado lançou uma campanha para que os pais se conscientizem sobre o uso deste modo de vestir de seus filhos, especialmente porque a cueca, item que supostamente deveria passar despercebido, ganhou certo destaque. Para “ajudar” a pegar, por lá rola até prisão conforme o local onde calça e cueca estão..

DICAS:
Nunca use o sagging sem cueca! E também depende da cueca! Nada de Jockstrap também... Se você não sabe o que é isso, já é um avanço quando o assunto é Sagging.
E tem mais, muito comum na moda black, eles usam sagging com cueca samba canção por baixo... Fica um estilo despojado...
Mas, é uma excelente oportunidade para você ostentar cuecas de grife, afinal, o que mais vai aparecer é ela mesmo!

Três: Hip Hop tem popularizado o olhar
O jogador Neymar também aderiu a moda das Sagging...
Muitos rapazes de todas as cores, formas, tamanhos e origens econômicas podem ser encontrados flacidez suas calças hoje em dia. Este é o resultado direto da popularização deste através da moda Hip Hop. O que corre desenfreado através de seus contos mainstream padrão Hip Hop? Crescer na pobreza, tornando-se um homem e muitas vezes fazendo tempo. Nós, como seres humanos, somos muito adaptáveis. Depois de crescer em ambientes de compartilhamento de seus irmãos mais velhos roupas e passar tempo em instalações juvenis e correcionais sem cintos, seria naturalmente abraçar esse olhar e trazê-lo em um dia a dia da moda.  Espero que tenho gostado da postagem e compartilhem com seus amigos...
Para ler mais sobre o assunto e conhecer o BOATO na integra acesse o Link 
Por: Rogerio Gomes/Blog do Lote XV
Fonte: Boatos.org

Belford Roxo: Casa da Cultura sedia Batalha de MC’s.

A Casa da Cultura de Belford Roxo recebe, nesta quinta-feira (19 de Janeiro), a partir das 16h, uma série de artistas da região que irão se apresentar em uma roda de rap, promovida pelo Coletivo de Músicos Baixada Nunca se Rende e o Centro Rio+, que é um departamento das Nações Unidas (ONU). O evento, que terá batalha de MC’s com foco na sustentabilidade. O evento terá também poesia e shows com os grupos “Gunjahclan” e “Bonde 2 Cria”. Entre outras atrações, estarão no palco os DJ’s Nino Leal e Jesus, além do MC Therlu. 

O secretário de Cultura de Belford Roxo, Bruno Nunes, explicou que a Prefeitura está cedendo toda a infraestrutura para o evento, permitindo assim a participação da classe artística de Belford Roxo neste evento. “Estou abrindo a Casa de Cultura para os artistas da cidade. Nosso município é conhecido por revelar talentos do reggae como Negril, e integrante do Rappa e do Cidade Negra. Além disso, o cantor Seu Jorge também é de Belford Roxo. A roda de rap é uma oportunidade para muitos artistas”, destacou o secretário. 

O coletivo Baixada Nunca Se Rende é uma iniciativa de músicos da região que pretendem, por meio da união, criar um espaço para a promoção da cultura, em parceria com o Centro Rio + e o Centro Cultural Donana e apoio da Secretaria de Cultura, estão realizando um projeto piloto para tornar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável mais conhecidos e usam a música como ferramenta principal. A roda de rap é um dos pilares do projeto. Os outros dois são um festival e um CD com 17 faixas. “A Prefeitura se empenhará sempre em trazer bons eventos para a Casa de Cultura”, resumiu Bruno Nunes. 

A Casa de Cultura de Belford Roxo fica na Avenida Bob Kennedy, s/n, bairro Nova Piam, próximo à VIla Olímpica.
Fonte: Imprensa PMBR

Casa da Cultura de Belford Roxo abre oficina de artesanato.

A Prefeitura de Belford Roxo iniciou nesta quarta-feira (18) a oficina de artesanato no teatro da Casa da Cultura. O evento contou com a participação da Secretária de Assistência Social e Cidadania, Daniela Carneiro, que ganhou uma mini máquina de costura, símbolo dos artesãos.

Durante o evento, o secretário de Cultura, Bruno Nunes, enfatizou que pelo menos 150 pessoas já estão matriculadas nas três oficinas: artesanato, teatro e capoeira. "Nossa preocupação é melhorar a qualidade de vida da população. Creio ser importante quando os artesãos mostram seus trabalhos nas ruas e praças públicas. Nosso objetivo é valorizar o artista local", concluiu Bruno, destacando que irá lançar ainda no primeiro semestre a Caravana da Cultura, levando arte para diversos bairros.

Apostando no talento das artesãs e artesãos, a secretária Daniela Carneiro enfatizou que o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, está trabalhando para melhorar a qualidade de vida dos moradores. "Temos muitos talentos na cidade e devemos sempre crer que tudo vai melhorar. Destaco a participação das mulheres, pois muitas complementam a renda com o artesanato", concluiu.

Aos 50 anos, Gilberto Alves Ferreira descobriu o talento para o artesanato. Hoje, aos 55, ele domina a arte de fazer pequenos bonecos com jornal e encartes. “Comecei quando trabalhava na Escola Municipal Capela São José, em Nova Aurora. 

Uma criança não tinha brinquedo. Fiz um goleiro com um pedaço de papel. Aí ela pediu a bola e as balizas. O menino ficou feliz ao ver tudo em suas mãos. Dali em diante fui desenvolvendo o talento para a arte. Quero ensinar o que sei nas escolas”, frisou Gilberto, que fez uma demonstração fazendo um cachorro com encarte de supermercado.

Artesã há 20 anos, Fátima de Freitas, 51, está há três anos na Feira de Artesanato (Feirart). Trabalhando com materiais reciclados, cartonagens e bolsas, ela complementa a renda familiar com os trabalhos que fabrica e vende. “A Feirart valoriza os artesãos do município, pois temos a oportunidade de mostrar nossos produtos”, resumiu.
Para se matricular nas oficinas, os interessados devem procurar a Casa da Cultura (Avenida Bob Kennedy, s/n), Nova Piam, próximo à Vila Olímpica, munidos dos seguintes documentos (originais e cópias): identidade, CPF e comprovante de residência.

Participaram ainda do lançamento os secretários João Carlos Julião (Idoso) e Carlos Santos (Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico); os subsecretários Jefferson Alencar (Cultura), Marcelo Machado (Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico); e a coordenadora da Feirart, Janete de Souza.
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Operação "Tapa Buracos" da prefeitura de Belford Roxo chega ao Lote XV.

Equipe de "Tapa Buracos' da Prefeitura de Belford Roxo realizaram esta semana operações nos bairros Vasco e Parque dos Ferreiras e agora chegam a localidade conhecida como 4 Campos no Apolo XI na entrada do Lote XV.

Desde a semana passada eles vem realizando melhorias na Avenida Joaquim da Costa Lima, uma das principais vias da cidade que faz ligação com a Av Governador Leonel Brizola e a Rodovia Washington Luiz, ou seja uma via importantíssima que por não ter recebido manutenção adequada pela gestão passada do município, encontrava-se, aliás encontra-se em alguns pontos ainda, como muitos buracos o que vinha causando muitos engarrafamentos e transtornos e prejuízos aos motoristas, aliás eu também sou uma vítima que acabei com os amortecedores estourados do meu carro e , vou ter que amargar uma prejuízo de pelo menos 2 Mil Reais para sanar o defeito, mais essa conta somos nós que pagamos não é mesmo...

Está de parabéns a equipe de trabalho da prefeitura que prova que com uma pouco de profissionalismo e comprometimento com o povo podemos mudar a realidade de nossa cidade... Em 3 semanas de Governo o Prefeito Waguinho e o Secretário Marcio Canella já estão mudando consideravelmente a realidade de nosso município, seja através dos contatos realizados em Brasília ou gestores estaduais seja através das obras já iniciadas em vários pontos da cidade. UM ÓTIMO EXEMPLO DE VONTADE POLÍTICA.
Por Rogerio Gomes
Fotos: Facebook