segunda-feira, 18 de julho de 2016

TRE-RJ regulamenta auditoria das urnas eletrônicas no dia da eleição.

Na última quarta-feira (13 de julho), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) regulamentou, por meio da Resolução 958/2016, a votação paralela, uma auditoria das urnas eletrônicas criada para verificar a segurança e o correto funcionamento do sistema de votação. Durante essa auditoria, que acontece no mesmo dia e horário da eleição oficial, fiscais dos partidos, representantes do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) conferem os votos que são digitados nas urnas e, após o encerramento da votação, verificam se o resultado corresponde aos votos digitados.

Na véspera da eleição, o TRE-RJ sorteia, em audiência pública e na presença dos representantes dos partidos, as seções eleitorais cujas urnas serão testadas na votação paralela. As urnas sorteadas são recolhidas, sob a fiscalização dos partidos, e levadas para um local em que todas as ações são filmadas e registradas. No dia da eleição, todas as etapas dessa votação são realizadas na presença de auditores externos, inclusive da imprensa local.

A resolução instituiu também uma comissão, composta por servidores do TRE-RJ e presidida por magistrado, para planejar, organizar e divulgar todos os procedimentos da votação paralela, que serão fiscalizados também por um representante do Ministério Público Eleitoral
Fonte: TRE-RJ

Padre Marcelo Rossi fará tarde de autógrafo na Uniabeu Belford Roxo na terça-feira (19/07).

O Centro Universitário Uniabeu recebe o padre Marcelo Rossi para lançamento do livro, "Ruah", no campus Belford Roxo, na terça-feira (19). Na programação do evento está a sessão de autógrafos que começa a partir das 14h30. No encontro o padre vai assinar somente os livros “Ruah”, “Philia” e “Philia Para Colorir”. Não haverá senhas para os autógrafos. O atendimento será feito por ordem de chegada. A entrada é gratuita.

Na publicação “Ruah”, o padre Marcelo Rossi mostra como manter uma vida saudável através da mudança de hábitos, além de trazer uma nova maneira de lidar com a alimentação. O livro exibe ainda uma espécie de guia pela busca por uma vida mais saudável e benéfica.

A publicação será vendida por R$ 19,90 no dia do evento.

SERVIÇO
Evento: Lançamento do livro "Ruah" - Padre Marcelo Rossi

Dia: 19 de julho

Horário: 14h30

Local: Centro Universitário Uniabeu

Endereço: Rua Itaiara, 301, Centro de Belford Roxo

Entrada: Gratuita
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Quatro alunas e um professor da Abeu vão conduzir a Tocha Olímpica na Baixada.

A Abeu Colégios é a instituição de ensino com maior número de representantes na condução da Tocha Olímpica na Baixada Fluminense. Quatro alunas e um professor estarão na cidade de Nova Iguaçu, em agosto, participando do revezamento do símbolo olímpico. Duas estudantes são moradoras em Nilópolis, uma, em Nova Iguaçu, uma, em Mesquita, e o docente reside em Belford Roxo.

Para viverem o momento histórico, Paula de Sant’Ana, Alexandra Luparelli, Vanessa Pontes e Juliane Aguiar participaram do concurso Festival das Escolas, promovido pela Coca-Cola, em 2015. Elas participaram do concurso e foram selecionadas depois de apresentarem texto, fotos ou vídeo. O professor de Educação Física Guilherme Simões é o quinto condutor da Abeu Colégios por ter ganhado o título de Educador Embaixador da unidade de Nilópolis, considerada a escola da Baixada Fluminense que mais inscreveu trabalhos no Festival. 

A estudante Paula de Sant’Ana, 16 anos, diagnosticada desde os três anos com a doença genética atrofia espinhal muscular progressiva, conhecida também pela sigla AME, supera as limitações motoras. Consciente da importância do momento e da sua participação no evento, Sant’Ana afirma que vai conduzir a Tocha Olímpica com a cadeira motorizada. 

“Entendo ser uma oportunidade para mostrar às pessoas que tudo pode ser superado. Eu sempre acompanhei as Olimpíadas. Sonhei com os jogos e conquistei o direito de participar de alguma maneira. Não há limites para o ser humano”, afirma a aluna do 2º ano do ensino médio. 

Já a aluna do 2º ano do ensino médio Alexandra Luparelli, 15 anos, diz que nunca imaginou ser selecionada para conduzir um símbolo tão importante como é a Tocha Olímpica. “A certeza de que tudo isso é realidade só vai chegar no momento em que estiver percorrendo os 200 metros com a Tocha”, afirma Luparelli. 

Para Juliane Aguiar, 19 anos, cada dia é menos um dia para a chegada do grande momento. Aguiar diz viver a fase da ansiedade. “A expectativa é muito grande, porque conduzir o símbolo dos jogos olímpicos tem um significado especial. Esse momento vai marcar a linha da história da minha vida para sempre”, analisa com a alegria estampada no rosto. 

Não é diferente a sensação de Vanessa Pontes, 17 anos. Inclusive, ela revela um sonho de menina. “Quando eu era pequena sonhei com esse momento. Comentei com a minha mãe que chegaria a minha vez de carregar a Tocha Olímpica”, lembra emocionada a jovem que mora desde que nasceu no bairro Cruzeiro do Sul, em Nova Iguaçu. 

O clima é de pura emoção. O professor Simões, 34 anos, não escapa: “Nunca imaginei ganhar uma oportunidade como essa. Será marcante na minha carreira profissional, ou melhor, na minha vida”, analisa emocionado Simões. 

Formado há 11 anos pela Uniabeu e trabalhando há dez na Abeu Colégios, Simões não nega que os 200 metros de percurso em poder da tocha vão mexer com suas estruturas. “Como não imaginar um tremor nas pernas em uma ocasião tão especial?”, questiona. Para ele, os Jogos Olímpicos fazem brilhar os olhos de todos que atuam direta ou indiretamente com o esporte. 

“A equipe de professores de Educação Física desenvolve um trabalho de excelência e os resultados surgem. A Abeu Colégios é a vencedora do Festival das Escolas na Baixada Fluminense, com quatro alunas e um professor na condução da tocha. Todos merecem aplausos”, comemora a coordenadora de Esportes da Abeu Colégios, Kárem dos Santos Ferreira.
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Eleições 2016: Agentes públicos devem ficar atentos a condutas proibidas.


A legislação eleitoral proíbe aos agentes públicos, servidores ou não, diversas condutas passíveis de alterar a igualdade de oportunidades entre os candidatos nas eleições. As vedações estão no artigo 73 da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) e são replicadas na Resolução TSE nº 23.457/2015, que trata da propaganda eleitoral, do horário gratuito no rádio e na TV e das condutas ilícitas na campanha de 2016. O artigo estabelece penalidades que vão desde multa até a cassação do registro ou do diploma do candidato eleito que desrespeitar as proibições impostas.

Entre as restrições contidas no artigo, o agente público não pode ceder ou usar, em benefício de candidato, de partido ou de coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. No caso, aqui é aberta uma ressalva para a realização de convenção de partido.

Também não é permitido o uso de materiais ou serviços, custeados pelos governos ou casas legislativas, que ultrapassem as limitações contidas nos regimentos e normas dos órgãos que integram. E ainda ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, de partido ou de coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou o empregado estiver licenciado.

O agente público não pode fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, de partido ou de coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social, custeados ou subvencionados pelo poder público.

Outras restrições
Desde 5 de abril deste ano até a posse dos eleitos, o agente público não pode fazer, na circunscrição do pleito, revisão geral da remuneração dos servidores públicos que supere a recomposição da perda de seu poder aquisitivo ao longo do ano da eleição.

E desde 1º de janeiro está proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior. Nestes casos, o Ministério Público poderá promover o acompanhamento de sua execução financeira e administrativa. Em anos eleitorais, os programas sociais não poderão ser executados por entidade nominalmente vinculada a candidato ou por ele mantida, ainda que autorizados em lei ou em execução orçamentária no exercício anterior.

A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou de servidores públicos.
Fonte: TSE

Juíza proíbe adesivos de pré-candidatos em veículos que circulam em Belford Roxo.

A juíza eleitoral Vera Maria Cavalcanti de Albuquerque, de Belford Roxo (153ª Zona Eleitoral), notificou na última quarta-feira (06 de julho) os Partidos Políticos a retirarem no prazo de 48 horas, a propaganda de adesivos em veículos automotores que circulam no município de Belford Roxo com frases de impacto, cor ou logotipo de pré-candidatos.

A juíza fundamentou a decisão explicando que a lei estabelece o início da propaganda eleitoral em 16 de agosto, Res. 23450/2015 e Lei 9.504/97; considerando que constitui tática de marketing político a intensificação de pretenso ou futuro candidato ou filiado a agremiação partidária; considerando que à Justiça Eleitoral tem a incumbência de manter a isonomia da disputa eleitoral.

Segundo informações, nesta semana haverá blitz do TRE em diversas vias de Belford Roxo.

Segue abaixo a notificação do TRE


Fonte: Notícias de Belford Roxo

Prefeito Dennis Dauttmam e Reitor Paulo Assis lançam pedra fundamental do campus do IFRJ em Belford Roxo.













Foi assinado no último sábado, 2 de julho, o contrato para a construção da estrutura que vai abrigar definitivamente o campus Belford Roxo, na Avenida Joaquim da Costa Lima, bairro São Bernardo, em frente ao 39ºBPM. A previsão é de que a inauguração da primeira área edificada seja realizada daqui a três meses.

A mesa de abertura foi composta pelo prefeito Dennis Dauttmam; o reitor Paulo Assis; a secretaria municipal de Ciência e Tecnologia, Dilcéia Quintella; o vereador Juju; o secretário municipal de Educação de Belford Roxo, Wagner Turques; o diretor geral do campus Belford Roxo, Fábio Silva; a diretora do Polo CEDERJ, Daisely Coutinho e a representante da UNE, Bárbara Cardoso.

Paulo Assis explicou que a assinatura do contrato ratifica a presença do IFRJ em Belford Roxo, que está na região desde 2014 e atualmente desenvolve suas atividades no CIEP Constantino Reis. “A construção se dará em duas etapas. Na primeira, que estará pronta no prazo de três meses, traremos os cursos FIC para cá. Já teremos uma área administrativa, salas de aula e laboratórios para nosso professores e alunos”. A segunda etapa, segundo o reitor, será feita de maneira a otimizar o espaço. “A construção será vertical, devido às características do local”. A previsão é de que no prazo máximo de dois anos o campus de Belford Roxo esteja pronto e em pleno funcionamento.

Pleitor agradeceu ao prefeito Dennis Dauttmam pelo empenho em agilizar o processo de doação de um terreno que atendesse às necessidades da instituição e que possibilitasse o desenvolvimento de um projeto que poderá beneficiar até 1400 alunos quando estiver pronto. “Também quero agradecer ao vereador Juju pelo esforço, à equipe do prefeito e em especial a secretária Dilcéia, que sempre nos procurou, participou ativamente das negociações, das reuniões e deixou clara a importância de ter o IFRJ aqui”.

O prefeito de Belford Roxo lembrou a todos do seu trabalho e da luta para que o Instituto Federal se tornasse uma realidade. “Eu sei bem das dificuldades que enfrentamos em nome do povo. Foram três anos e meio de batalhas, mas tudo valeu à pena. Os moradores sabem do meu esforço desde os tempos de vereador. Quando me tornei prefeito vi a possibilidade real de termos um ensino de qualidade na região e corri atrás, briguei e venci. Agradeço ao professor Paulo Assis e sua equipe por tudo. É uma conquista”.

A secretária Dilcéia lembrou que seu sonho era o de ter uma escola técnica no município. “Hoje temos algo muito maior, que permitirá o desenvolvimento da região e vai ofertar aos alunos a possibilidade de grandes vôos e realizações em suas vidas”.

“Hoje, Belford roxo amanheceu mais feliz”, com essa frase o diretor do campus Belford Roxo, Fábio Silva, abriu seu discurso. Ele falou da importância do momento e das grandes expectativas para a nova unidade do IFRJ. “É o início de um projeto educacional. Temos o desafio de reinventarmos a escola e nos reinventarmos como instituição. Não buscamos uma educação ideal, mas o ideal de uma educação pautada na reflexão crítica, reflexiva e cidadã”. Fábio Silva fez questão de agradecer à prefeitura e convidou a diretora de Ensino, professora Alda Maciel, e o diretor de Administração Thayron Rangel, juntamente com toda a equipe que atuará no campus, além dos demais servidores do IFRJ presentes para apresentá-los à população. Neste momento, Alda Maciel deu as boas-vindas aos alunos que assistiam ao evento. 


O campus Belford Roxo é destinado à oferta de cursos de Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores, Educação Profissional Técnica em Nível Médio e Educação Superior, com possibilidade de ênfase em áreas relacionadas à indústria criativa, principalmente no segmento produtivo de moda, vestuário, calçado acessórios, moveleiro e urbanístico.

Os cursos oferecidos são: Desenvolvimento de Produto Têxtil e de Moda; Ecodesign de Acessórios de Moda; e Empreendedorismo e Gestão de Negócios. A partir do dia 11 de julho, os cursos FIC acontecerão no CIEP, que já possui turmas do PRONATEC, e atenderão cerca de 120 alunos. Em breve, serão implementadas novas turmas à tarde no Polo CEDERJ.

Após a aula inaugural do professor Francisco Sobral, pró-reitor de Extensão do IFRJ, o reitor e o prefeito descerraram a placa sobre a pedra fundamental do novo campus, um marco simbólico da presença definitiva do IFRJ na região.


Fonte: Notícias de Belford Roxo

TRE-RJ lança novos canais para receber denúncias de propaganda eleitoral irregular.

População de Belford Roxo poderá informar irregularidades também pelo Facebook e WhatsApp
Neste ano, a população fluminense terá dois novos canais para denunciar irregularidades na campanha eleitoral: uma página na rede social Facebook e um número de WhatsApp (21-99533-5678).

"O Judiciário precisa estar cada vez mais próximo da população, por isso é nosso dever oferecer ao eleitor canais que estão sendo utilizados de forma massiva, fazendo dele um parceiro da nossa fiscalização e garantindo o sigilo da sua denúncia", afirma o coordenador de fiscalização da propaganda no Estado, juiz Marcello Rubioli.

Outras opções para comunicar irregularidades ao TRE-RJ são o Disque-Denúncia Eleitoral (21) 3436-9999, que funciona de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e o email propaganda.eleitoral@tre-rj.jus.br. Por meio de todos os canais, é possível enviar fotos e vídeos. Ao denunciar, o eleitor receberá um número de protocolo para acompanhar o andamento dos procedimentos.

O juiz Marcello Rubioli explica que os canais receberão denúncias tanto de propaganda eleitoral antecipada, ou seja, aquela que é feita antes do dia 16 de agosto, quanto de abuso de poder, que é a conduta abusiva de utilização de recursos financeiros, públicos ou privados, ou de acesso a bens ou serviços em virtude do exercício de cargo público, que tenha potencialidade para gerar desequilíbrio entre os candidatos, afetando a legitimidade e a normalidade das eleições. "Para saber se determinada conduta é de fato irregular, é importante que os eleitores leiam nossa cartilha com as regras da propaganda eleitoral, disponível no site do TRE-RJ", recomenda o magistrado.

As denúncias serão direcionadas para a Central de Mídia Virtual, que funciona na sede do TRE-RJ, no Centro do Rio de Janeiro, e utilizadas como base para as operações diárias das equipes de fiscalização da propaganda em todo o Estado. Os relatórios das ações da fiscalização são encaminhados ao Ministério Público Eleitoral e podem dar origem a ações judiciais que pleiteiem a cassação do registro ou diploma de um candidato ou multa.

Além das operações voltadas para coibir irregularidades, a Coordenadoria de Fiscalização da Propaganda Eleitoral também busca orientar os partidos políticos, como forma de prevenir propagandas antecipadas e abuso de poder. O juiz Marcello Rubioli tem se reunido com representantes das legendas para tirar dúvidas e divulgar a cartilha com as regras da propaganda eleitoral.


Canais para denúncias de propagandas irregulares:


facebook.com: Denúncias Eleitorais RJ 2016
whatsapp: 21-99533-5678
e-mail: propaganda.eleitoral@tre-rj.jus.br
telefone: Disque-Denúncia (21) 3436-9999

Acesse a cartilha com as regras da propaganda eleitoral aqui.
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Guarda Municipal de Belford Roxo com Novo Uniforme e Táticas avançadas se destaca na cidade do amor.

Rogerio Gomes fez questão de fazer uma foto com os agentes ao lado do Subinspetor L.Araujo Comandante do GTAM.

A Guarda Municipal de Belford Roxo tem se destacado na cidade, não apenas pelo seu mais "Novo Uniforme Camuflado" que se destaca, mas principalmente pelas ações empreendidas e apostura de ordem e prevenção empregada nos bairros da cidade.

O grupamento é destinado a ações especiais de segurança municipal e utiliza técnicas de não letais, defesa pessoal, APH Tático, Rapel Tático, técnicas de abordagem, algemação e condução de prisioneiros em suas investidas, também atuando em prevenção para a diminuição da criminalidade no Município.

Algumas das Ações Registradas pelo Grupamento:
GTAM equipe delta as 21:20 prestou socorro ao Bebê Teo Farinacio Aguiar junto aos seus responsáveis devido a um quadro de broncoaspiracão, o mesmo foi socorrido para o HMBR e graças a Deus tudo correu bem e a criança e se encontra em franca recuperação e nos braços de seus familiares.

GTAM equipe delta, conduziu Menor de 12 anos que portava uma faca em sua mochila, junto com o responsável e funcionários do CIEP Municipalizado Constantino Reis ao conselho tutelar. 

GTAM grupamento Delta conduziu após contato do GM Henrique de Souza, e Subinspetor Souza ,o adolecente M.... de 17anos por furto de um radio portátil na loja Casa & Vídeo, também foram encontrados 4 riocard com o mesmo, levado a 54 DP e puxando sua ficha o mesmo já tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo, assalto a mão armada e tráfico de drogas.

GTAM Equipe Delta com nosso GMPtr B. Ferreira, fazendo um trabalho de prevenção hoje no bairro do lote xv , previnir...

Secretário Claudinei Martins(cinza).

No comando da Secretaria de Segurança Pública municipal está o Secretário Claudinei Martins apoiado pelo seu Subsecretário Adriano Lemos que tem investido muito na valorização da tropa que tem se destacado na cidade. A frente da Tropa da Guarda Municipal de Belford Roxo o Inspetor Geral Roberto Costa e o Subinspetor Comandante do GTAM Leonardo Araujo, o grupamento também conta com os agentes: Wander, Alvarenga, Von, Hebert, Pinna, Alex Silva, Renato e Feitosa. O Blog do Lote XV reconhece e valoriza esta ótima iniciativa de valorização deste profissionais que muito tem feito por nossa cidade.
Matéria Exclusiva do Blog do Lote XV
Por: Rogerio Gomes

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Fiéis celebram Corpus Christi com tapetes e orações em Belford Roxo.

Nesta quinta feira dia 26/5 acontece as tradicionais comemorações de Corpus Christi em todo estado do Rio e em Belford Roxo, mais especificamente no Bairro do Lote XV, os preparativos para o dia já estão todos encaminhados segundo informações na página do Facebook da Paroquia São Simão no Lote XV.


É nesta data que são confeccionados aqueles Tapetes de Areia Colorida com temas bíblicos na rua da Igreja, a Rua Neves Garcia, que chamam a atenção de todos que passam pelo local... Por falar nisso, a rua estará fechada para os veículos a partir das 6h da manhã desta quinta feira e os motoristas precisaram buscar caminhos alternativos, como passar pela Rua Guarujá ou pela Rua Fernando da Costa, pois acredito que ninguém vai ter coragem de furar o bloqueio e passar por cima dos tapetes não é mesmo...


O local, logo pela manhã recebe e concentra um grande numero de colaboradores vindos de várias partes da região, onde preparam todo material que são utilizados para fazer os tapetes e dão espaço a criatividade e religiosidade em seus temas, onde evidenciam vários temas, desde bíblicos, protestos e até mesmo tema de cultura, arte e também as Olimpíadas do Rio 2016, como foi tema também em 2015. VALE A CRIATIVIDADE E IMAGINAÇÃO.


Na agenda também ao final do dia, aliás após a Missa especial realizada pelo pároco da Igreja o Padre Bruno Constanzo, acontece a tradicional Procissão, que passa pelo local antes preparado com os Tapetes e segue cortando por ruas até chegar ao ponto final previsto que no ano passado foi em frente ao Centro Cultural Dom Helder Câmara na rua do DPO a antiga Quadra São Simão.


Estaremos lá dando nossa colaboração e preparando uma matéria especial para o Blog do Lote XV. Lembrando que em outras Igrejas também haverão atividades como a Igreja Nossa Senhora da Conceição no Centro da cidade. A Guarda Municipal e a Coordenadoria de Trânsito estarão dando apoio ao evento.

Por: Rogerio Gomes

Cuidado! ‘WhatsApp Gold’ é ouro de tolo. Golpe que promete versão exclusiva infecta celulares no mundo todo.

O WhatsApp caiu nas desgraças dos piratas da internet. Hackers disseminam um golpe que promete acesso a uma “exclusiva” versão ‘gold’ do popular aplicativo de bate-papo. Não se iluda com o conto do ouro de tolo, ou você terá de formatar seu celular.

As mensagens, por enquanto em inglês e em espanhol, trazem convite para a atualização, alegando que só celebridades tinham direito à versão dourada. “O app vazou”, diz a mensagem. O texto lista ainda vantagens do ‘upgrade’: chamadas gratuitas de vídeo (como no Skype), a possibilidade de enviar até 100 imagens de uma só vez (quando o limite é de 20) e uma função para deletar mensagens mesmo depois de tê-las enviado.

Tudo balela. O link, que na atual cepa se esconde sob o falso endereço www.goldenversion.com, aponta para sites de armazenamento que abrigam malwares, programas maliciosos capazes de fazer estragos, como rastrear dados de navegação, roubar senhas ou até permitir acesso remoto do aparelho — ativando a câmera ou o microfone, por exemplo.

Vírus de celular são ainda mais capciosos, pois exigem conhecimento avançado para a limpeza. Como nem todos usam antivírus em smartphones, é necessário, em caso de contaminação, reiniciar o aparelho no modo de segurança, procedimento que varia de modelo para modelo, para localizar o arquivo malicioso e apagá-lo.

OLHO NO LINK
Muito cuidado ao sair tocando em qualquer URL. Nem sempre o endereço exibido é o destino real.

CAMINHOS OFICIAIS
Procure sempre baixar ou atualizar apps nos canais comuns, como a Google Play Store, no Android, e na App Store, no iOS. Desconfie se aparecer um link que aponte para um *.apk — extensão que, no Android, indica programa.

BLOQUEIE INTRUSOS
O sistema Android tem uma ‘trava’ padrão, no gerenciador de aplicativos, que proíbe a instalação de programas de “fontes desconhecidas” — como é o caso da maioria dos malwares. Cuidado para não modificar essa configuração.

E NUNCA É DEMAIS...
Antivírus para computadores têm extensão para tablets e smartphones.
PROTEJA-SE
Fonte: O DIA

Belforroxense Rayanne Martins concorre a Miss Teen Global Beauty Brasil 2016.

Rayanne Martins, de 18 anos, moradora do bairro Heliópolis, em Belford Roxo, foi eleita Miss Teen Global Beauty Baixada Fluminense 2016 e participará da etapa nacional do concurso Miss Teen Global Beauty Brasil 2016.


- Sou Miss Teen Baixada Fluminense e estarei indo hoje, dia 24 (até o dia 28) concorrer à etapa do concurso nacional (Miss Teen Global Beauty Brasil 2016). Serei representante da Baixada Fluminense! Ficarei hospedada no hotel Mont Blanc, em Duque de Caxias.

O evento final será no dia 27/05, também em Duque de Caxias, no teatro municipal Raul Cortez. Trabalho como modelo atualmente, trago com todo amor do mundo esse título de Miss Baixada junto comigo
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Belford Roxo decreta ponto facultativo na sexta-feira (27) após Corpus Christi.

O prefeito de Belford Roxo, Dennis Dauttmam, decretou ponto facultativo na sexta-feira (27 de maio), após o Dia de Corpus Christi, feriado nacional comemorado na quinta-feira (26). O decreto N°4.066 foi publicado na edição desta terça-feira (24) dos Atos oficiais do Município.

Ainda de acordo com o decreto, as disposições não se aplicam às atividades consideradas de natureza essenciais como Saúde, Unidades de Emergência, SAMU, Coleta de Lixo, Trânsito e Segurança Pública. O feriado de Corpus Christi permanece inalterado no município, conforme informações da assessoria de comunicação da Prefeitura.



Fonte: Notícias de Belford Roxo

Subsecretário de Educação é o novo gestor da Cultura em Belford Roxo.

Luiz Alexandre (esquerda) ao lado do Prefeito Dennis Dauttmam e Rogerio Gomes do Lote XV.



Com a extinção da Secretaria Municipal de Cultura de Belford Roxo, o secretário de Educação de Belford Roxo, Wagner Turques (PCdoB), publicou nos atos oficiais da cidade, na última quarta-feira (18 de maio), a nova equipe que fará a gestão da cultura municipal, o gestor será o Prof Luiz Alexandre, atual subsecretário municipal de Educação.

Aqui Luiz Alexandre brinca posando de Sósia de Vin Diesel.

Luiz Alexandre, aliás meu sósia ou também ,do nada conhecido, ator Vin Diesel de Velozes e Furiosos, é pessoa muito querida por todos que o conhecem e profissional competentíssimo e com certeza saberá conduzir muito bem a pasta enquanto estiver sob sua responsabilidade acredito - diz Rogerio Gomes do Blog do Lote XV

A extinta secretaria de Cultura fundiu-se com a secretaria de Educação por decreto do Prefeito Dennis Dauttmam (PcdoB), publicado em atos na última semana.


Fonte: Notícias de Belford Roxo
Editado por: Rogerio Gomes/Blog do Lote XV

Construções irregulares no Arco Metropolitano. Nova Iguaçu foi notificada e lidera número de ocupações no entorno da via.

Um mês após o início do monitoramento do Arco Metropolitano com o uso de drone as prefeituras de Seropédica, Nova Iguaçu e Japeri já foram notificadas para que tomem providências em relação às ocupações irregulares no entorno da via.

O maior número foi registado em Nova Iguaçu: nove construções irregulares. Em seguida está Japeri com duas e Seropédica com uma.

Construções irregulares em Carlos Sampaio, em
Nova IguaçuFoto: Edson Taciano
A situação tem preocupado. “O Arco é um grande indutor de investimentos e desenvolvimento econômico e social para a Baixada Fluminense. Suas vantagens de localização reduzem custos logísticos das empresas, mas precisa ser preservado e ordenado para traduzir a realidade de seu potencial. Não podemos deixar que se transforme em uma nova Avenida Brasil”, enfatiza Carlos Erani, presidente Regional I da Firjan na Baixada.

Famílias estão construindo casas acessos clandestinos, ocupando desordenadamente a rodovia, sem qualquer infraestrutura e saneamento básico.

“É preciso agir para evitar a ocupação irregular, pois um processo de favelização gera prejuízos econômicos e sociais. Vejo que as prefeituras estão omissas quanto à suas responsabilidades de fiscalização, isto é inadmissível”, ressalta o presidente da Regional II da Firjan, Roberto Leverone.

Apesar da preocupação, o diretor-executivo da Câmara Metropolitana, que monitora o Arco, garantiu que não há risco de ocupação intensa. “Estamos acompanhado e comunicando às prefeituras para combater a situação, não há risco de favelização”, afirma. 

As prefeituras notificadas informaram que estão tomando todas as medidas para resolver a situação.

Cometário do Blog do Lote XV:
Rogerio Gomes participou da Audiência pública a convite do então Deputado Estadual Rodrigo Neves.
Apesar de não ter sido citado na reportagem, o município de Belford Roxo apesar de não margear diretamente a rodovia, sofrerá diretamente os impactos da falta de controle de ocupação no entorno do arco, pois áreas antes sem construções e permeáveis, poderão sofrer com o crescimento indiscriminado de casas e empresas o que poderá ocasionar o aumento de alagamentos em áreas a jusante da região devido a impermeabilização de áreas verdes , como já foi evidenciado em vários encontros e audiências públicas que precederam a inauguração da rodovia. Regiões como Cidade dos Meninos, Pilar, Lote XV e São Bento estão entre as que mais podem sofrer impactos foi o que salientou Rogerio Gomes durante sua participação em uma desta audiências na ALERJ que contou com a participação de autoridades de várias instancias de governo. veja parte da intervenção de ROGERIO GOMES durante sua participação na audiência: "...Eu gostaria de frisar, aqui, que há necessidade de um olhar mais atento para a Baixada Fluminense, principalmente onde moro, que é a região do lote 15, Parque Amorim, Pilar, porque nós já tínhamos chamado a atenção, mostrado, apontado e tudo o mais que a gente pode fazer com relação à questão do Arco Metropolitano, sobre os impactos que vão gerar na nossa região, que é uma região baixa.

Nós não queremos ser empecilho para o Governo em relação à obra do Arco Metropolitano, porque ela realmente vai trazer muito recurso que a nossa comunidade precisa para crescer. O nosso município precisa crescer, como o doutor mostrou nos índices de Belford Roxo, que tem um índice de arrecadação muito baixo. A gente precisa crescer, precisa de arrecadação e sabemos que o Arco Metropolitano vai trazer isso.

É necessário também observar a questão de integralizar mais as instituições, porque nós já tínhamos apontado que a Prefeitura não está participando do projeto, a Cedae não está participando do projeto. Existe a necessidade de se remover, hoje, naquela região, aproximadamente, 10 mil famílias.


Conseguimos, agora, com a ajuda do Deputado Rodrigo Neves, no final do ano, remover 800 famílias. A Prefeitura nos passou que a área já está sendo desapropriada e a qualquer hora pode estar começando essa obra, que vai ser uma região no centro do lote 15, mas é pouca coisa ainda. 800 famílias é pouco, porque são 800, sendo que são 400 por Pilar, Duque de Caxias, e 400 apenas para a região do Parque Amorim, onde há uma carência de mais de 3 mil famílias..." para ler na íntegra a ATA da Audiência Pública realizada no dia 27/4/2010 que tratou do assunto acesse o link:http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/compcom.nsf/e36c0566701326d503256810007413ca/7a9e40013a816703832577bc0077b018?OpenDocument

Saldo
Os números comprovam o potencial da Rodovia. Segundo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, desde que foi inaugurada, há dois anos, já foram instaladas 66 empresas no entorno do Arco, estando 41 em andamento e 25 já concluídas. 

Paracambi foram instaladas 11 empresas , em Caxias 20, em Queimados este número chegou a 22 empresas.

Em Japeri seis empresas se instalaram na região. Já em Nova Iguaçu e em Seropédica tiveram duas cada. No ranking da Baixada, Itaguaí vem por último com apenas uma empresa.

E já foram gerados mais de 16 mil empregos.
Fonte: ODIA/ ALINE CAVALCANTE
Editado por: Rogerio Gomes/Blog do Lote XV

MINHA CASA MINHA VIDA "PARADO"... Até última ordem..

PROGRAMA "MINHA CASA MINHA VIDA" PODE ESTAR COM OS DIAS CONTADOS.
Temer manda suspender todas as novas contratações do Minha Casa Minha Vida.
Terceira etapa do programa, aprovada por Dilma, está suspensa por tempo indeterminado.

Brasília - O governo do presidente em exercício, Michel Temer, abandonou a meta traçada pela presidente afastada Dilma Rousseff de contratar 2 milhões de moradias do Minha Casa Minha Vida até o fim de 2018, disse o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Araújo afirmou que toda a terceira etapa do programa - e não apenas a modalidade Entidades - está suspensa e passará por um processo de "aprimoramento".

Araújo estimou em 40 dias o tempo necessário para fazer um raio X da principal vitrine de seu ministério. Segundo o ministro, a nova meta para o Minha Casa vai depender da análise das contas públicas a cargo da equipe econômica de Temer, chefiada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. "É preferível que identifiquemos os reais limites do programa e que os números anunciados sejam o limite de contratação", afirmou. Segundo ele, "metas realistas" não geram expectativas falsas tanto nos empresários - que precisam fazer o planejamento pelo tamanho do programa - como para os beneficiários.


Dilma Rousseff anunciou o MCMV 3, pela primeira vez, em julho de 2014, na véspera do início da campanha eleitoral, na comunidade do Paranoá, em Brasília. Naquele dia, prometeu construir 3 milhões de moradias até o fim de 2018, número que foi repetido na campanha e no início do segundo mandato. Posteriormente, recuou para 2 milhões de unidades, com investimentos de cerca de R$ 210,6 bilhões, sendo R$ 41,2 bilhões do Orçamento-Geral da União.

A terceira etapa do programa, porém, não engatilhou, e o ministro diz que todas as condições serão reavaliadas, até mesmo a grande novidade - a criação da faixa intermediária, batizada de faixa 1,5 - que nunca saiu do papel. Ela beneficiaria famílias que ganham até R$ 2.350 por mês, com subsídios de até R$ 45 mil para a compra de imóveis, cujo valor pode chegar a R$ 135 mil, de acordo com a localidade e a renda. Além do "desconto", os juros do financiamento, de 5% ao ano, também seriam subsidiados com recursos do FGTS.

O ministro disse que vai propor a Temer fazer uma cerimônia simbólica para inaugurar, simultaneamente, as moradias do programa que estão prontas, mas que aguardavam a agenda de ministros para eventos de inauguração. De acordo com a Caixa, 46,2 mil moradias da faixa 1 do programa (que atende famílias que ganham até R$ 1,8 mil) estão com as obras concluídas, em fase de legalização para serem entregues aos beneficiários.

Dessas, 15,5 mil estão localizadas em cidades do interior, com menos de 50 mil habitantes. Ainda segundo o banco, desde que foi criado, o programa já contratou 1,73 milhão de moradias na faixa 1, das quais 967 mil foram entregues. 
Fonte: O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

TRE aposta no Facebook para receber denúncias nas eleições municipais deste ano.

ELEIÇÕES 2016 - As denúncias pelo Facebook são a aposta do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio para combater as irregularidades nas eleições municipais deste ano. O órgão acredita que a rede social será o principal meio utilizado pelos eleitores de todo o estado para encaminharem informações sobre abusos cometidos pelos candidatos. A página para as denúncias ainda vai ser criada - não será utilizada a oficial do tribunal, que já existe.

- Apostamos no Facebook pela facilidade do eleitor chegar à página e fazer a denúncia. O nosso grande foco é ter a rede social como nosso aliado e conscientizar o eleitor de que ele também deve fazer a fiscalização, pois ele é o grande beneficiário. Nada mais razoável que ele participe. Os eleitores são nossos olhos nas ruas — pontua o juiz Marcelo Rubioli, coordenador estadual da fiscalização da propaganda eleitoral.

A ideia do TRE é que as denúncias sejam recebidas por meio de mensagens privadas na rede social. A linha do tempo da página deve ficar fechada, até mesmo para evitar as discussões políticas no espaço. Os eleitores poderão acompanhar o andamento das denúncias feitas pelo Facebook.

- Para disseminarmos a cultura da fiscalização entre os eleitores, é essencial que eles saibam que estão sendo ouvidos - explica Rubioli.

O tribunal também vai criar um número de WhatsApp para receber informações, a exemplo do que ocorreu nas eleições de 2014. Os eleitores têm ainda a opção de fazer denúncias pelo site do TRE, pelo e-mailpropaganda.eleitoral@tre-rj.jus.br e também pelo telefone da Ouvidoria (21 2524.5806).
Fonte: Extra

sexta-feira, 20 de maio de 2016

“Meu Imóvel Legal” chega ao Lote XV e Jardim do Ipê.

Nesta semana foi a vez dos moradores do bairro Lote XV (11/5) e o Bairro Jardim do Ipê (13/5) serem beneficiados com o mutirão do projeto de legalização fundiária “Meu Imóvel Legal”. A iniciativa, realizada pela Prefeitura de Belford Roxo, tem objetivo de legalizar a posse de terrenos sem documentação para moradores de áreas carentes. O prefeito Dennis Dauttmam participou da ação realizada no Centro Cultural Dom Helder Câmara (antiga Quadra São Simão) no Lote XV onde conversou com lideranças locais e moradores contemplados pelo programa.

Iniciado em abril, o projeto já conta com cerca de 600 famílias contempladas. Sem contar com o Lote XV, ele já passou pelos bairros de Shangrilá, Itaipu, Recantus, Barro Vermelho e São Leopoldo.

O “Meu Imóvel Legal” vai ainda dar condições para que os imóveis da cidade sejam regularizados e permitirá que mais moradores possam contribuir com o Imposto Predial e Territorial Urbano. Os tributos arrecadados a partir do IPTU são empregados diretamente em obras e melhorias de ruas. Cabe lembrar, que Belford Roxo soma hoje um baixíssimo número de imóveis legalizados e uma alta inadimplência em relação aos tributos municipais.

Outro benefício que a legalização fundiária vai trazer será a eliminação de erros no IPTU, regularizando os casos em que o tributo esteja em nome de terceiros. Uma equipe irá analisar caso a caso, de modo a evitar posses indevidas e erros no cadastro de imóveis.

Todos os processos de legalização inseridos no projeto serão analisados por uma equipe uma técnica e outra jurídica, e terão ainda prioridade no andamento. 

Rogerio Gomes tem acompanhado bem de perto o programa e salientou na ocasião em conversa com moradores e lideranças, que a população esperava a muito tempo por essa oportunidade, onde muitos pais de família, simplesmente não conseguiam pagar seus impostos, mesmo querendo, por pura burocracia, pois não conseguiam regularizar sua situação por falta de comprovação da titularidade de sua propriedade, que na verdade é fator preponderante que culmina por tantas famílias não pagarem seus impostos, mas que agora graças ao Programa 'MEU IMÓVEL LEGAL", vai em fim ser resolvido.

A equipe de campo do programa percorreu, após a realização da ação no Lote XV, o bairro do Jardim do Ipê abordando moradores da região e adjacências com Parque Colonial e Vale do Ipê e parte do Parque Amorim onde orientou sobre a documentação a ser apresentada no ato do cadastramento e adesão ao programa, para que assim o processo, ou melhor o dossiê de documentação, pudesse ser montado de forma a fazer com que a pessoa pudesse ser beneficiada com o "Título de Legitimidade de Posse" e a regularização de seu imóvel junto a prefeitura.











Bom pra população e bom pro governo pois o resultado será o aumento da arrecadação e a consequência disso mais obras na cidade e a melhoria na qualidade de vida da população. Prefeito Dennis Dauttmam realmente acertou em cheio com essa iniciativa principalmente em meio a crise que assola o país.
Fonte: PMBR/ Editado por: Rogerio Gomes/Blog do Lote XV
Fotos: Gilberto Enock/Rogerio Gomes