sexta-feira, 27 de março de 2015

Acesso ao banco de dados de órgãos de proteção ao consumidor passa a ser gratuito no Rio.

Uma lei que garante ao consumidor o acesso gratuito aos bancos de dados dos órgãos de proteção ao consumidor como o Serasa e o SPC foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão. Publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial, a Lei Nº 6978 de 26 de março de 2015 garante o direito a consulta gratuita no balcão de atendimento de órgãos como ou pela internet, conforme adiantou a coluna de Ancelmo Góis.

O acesso deve ser restrito a cada consumidor "mediante senha e cadastro prévio de informações pessoais que permitam o acesso seguro às informações individuais desejadas". As informações são apenas no âmbito do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com o texto da lei, de autoria do deputado Atila Nunes, quem descumprir a determinação será multado em 300 UFIRs (cerca de R$ 800). O texto prevê ainda multa dobrada para o caso de reincidência.
Fonte: Extra Online

Hoje (Sexta 27/3) tem homenagem as Mulheres Empreendedoras em Belford Roxo na Fabel.

Fonte: PMBR

Inscrições abertas para o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2015.

Imagem Ilustrativa.
Inscrições pela internet ou nos pontos de atendimento do Sebrae no Rio de Janeiro.
Empreendedoras de todos os segmentos podem concorrer, contando suas histórias de sucesso.

Mais uma oportunidade de reconhecimento e incentivo ao talento e à garra das mulheres que fazem a diferença na geração de emprego e renda. No dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, foi aberta a inscrição para o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, edição 2015. O prazo para as inscrições vai até 30 de junho.

O prêmio busca identificar, selecionar e premiar os relatos de vida de mulheres empreendedoras de todo o país que transformaram seus sonhos em realidade e cujas trajetórias são exemplos para as demais. As inscrições estão abertas, inclusive, às que participaram dos ciclos anteriores.

O que é o Prêmio?
Imagem Ilustrativa.
O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é dividido em três categorias, e para concorrer em qualquer uma delas, a empreendedora deve estar estabelecida há, pelo menos, um ano: Pequenos Negócios, destinada às microempresárias ou gestoras de empresas de pequeno porte; Produtor Rural, para mulheres que explorem atividades agrícolas, pecuárias e/ou pesqueiras e Micro Empreendedor Individual, para as que trabalham por conta própria e tenham seu empreendimento legalizado, com faturamento máximo anual de até R$ 60.000,00 por ano.

O Prêmio é composto por uma etapa estadual e uma nacional. São reconhecidas como vencedoras da etapa estadual três empreendedoras de cada estado e três do Distrito Federal, totalizando 81 finalistas. Todas receberão placa ou troféu de reconhecimento, certificado, direito ao uso do selo de vencedora e um curso da Matriz de Soluções Educacionais e/ou 16 (dezesseis) horas técnicas de consultoria em gestão. Elas também terão direito a uma viagem para participar da etapa nacional, que será realizada em Brasília.
Cronograma 2015.
Já na etapa nacional, as histórias das 81 classificadas serão avaliadas e selecionadas por uma comissão técnica, que chegará a nove finalistas: três representantes de cada categoria. Estes nove relatos serão avaliados por diversos critérios de julgamento e as ganhadoras dos troféus ouro, prata e bronze receberão uma viagem de capacitação em território nacional, selo de vencedora nacional e uma viagem internacional.

Inscrições e mais informações sobre o regulamento no site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br ou nos pontos de atendimento do Sebrae no Rio de Janeiro.

Mulheres da Baixada também são exemplo de sucesso
Uma dentre as muitas empreendedoras de Duque de Caxias e região que pretendem participar da edição 2015 do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, a empresária Liliane Louback acha a iniciativa fundamental para estimular as mulheres empreendedoras a vencer os desafios cotidianos: “Não é fácil para a mulher equilibrar a gestão do negócio e o cuidado com os filhos, com a família e consigo”, diz ela, que também acaba de concluir o Empretec. “Saí muito realizada, cresci absurdamente e acho que vale a pena para qualquer pessoa”, conclui.

Imagem Ilustrativa.
A história de vida de Liliane é uma das muitas em que a mulher acaba por se transformar no esteio de uma empresa familiar. Atualmente com 36 anos, ela começou a trabalhar aos 16 com o pai, na Panificação e Lanchonete El Sol, que têm duas lojas em Gramacho e Sarapuí: “Fui fazer administração para assumir o negócio que já é nosso há quase 50 anos.

E foi um desafio enorme, porque estamos falando de um setor que sempre foi muito dominado pelos homens”, conta ela, que aos 21 anos, recém-formada, já estava começando a gerir a empresa ao lado do pai: “Acho que o mais importante para ter sucesso num empreendimento deste tipo é criar uma divisão clara de tarefas, para evitar o problema de muitos caciques para poucos índios”, afirma ela.

Liliane não é a única a trabalhar com a família em busca de melhor qualidade de vida para todos. A produtora rural Oreni da Silva Benevides cultiva produtos orgânicos certificados com o marido Domingos, um dos quatro filhos e o neto, no sítio Santa Fé, em Guapimirim: “Temos café, feijão, legumes, verduras e frutas orgânicas que são vendidas na feirinha de Guapimirim, na Ilha do Fundão e em Teresópolis”, explica ela. Aos 54 anos e cheia de disposição, ela ainda reserva as noites para fazer doces de frutas da estação que complementam a renda familiar. “Estive envolvida com agricultura desde menina, com meu pai e depois, com meu marido. Com a produção de orgânicos, estamos nos mantendo juntos, aqui, sempre trabalhando, e preservando a terra para os nossos netos”.

São histórias inspiradoras, de valores essenciais, que mostram a força feminina na busca pelo desenvolvimento econômico e social da região.
Fonte: Sebrae

Instituto Empreender realiza curso gratuito de empreendedorismo sustentável e oferece apoio financeiro para ideias mais criativas.

As aulas acontecerão a partir de abril, no município de Duque de Caxias, nos bairros São Bento, Jardim Primavera, Campos Elísios, 25 de Agosto e Vila Meriti.

Buscando investir em jovens que sonham empreender de forma sustentável na área ambiental, o Instituto Empreender, em parceria com a Chevron, companhia americana de energia, está com as inscrições abertas até o dia 30 de março para o curso gratuito de Empreendedorismo Sustentável, pelo site: web.institutoempreender.org/empreendedorismo-sustentavel-cadastro.

Serão selecionados 150 jovens com ideias empreendedoras, entre 18 e 30 anos, com Ensino Fundamental Completo, noções de informática, internet e redes sociais e com renda familiar de até três salários mínimos. As aulas acontecerão a partir de abril, no município de Duque de Caxias, nos bairros São Bento, Jardim Primavera, Campos Elísios, 25 de Agosto e Vila Meriti.

Atentando-se às questões cotidianas da sustentabilidade, o objetivo do curso é promover o conhecimento sobre práticas sustentáveis e dar suporte para que os participantes possam se inspirar e criar coletivamente projetos empreendedores. Estas iniciativas incentivam a geração de renda estão voltadas para a redução dos danos ambientais por meio da criação de serviços e/ou produtos sustentáveis para a comunidade.

De acordo com a consultora em projetos ambientais do Instituto Empreender e especialista na área de Educação Ambiental, Mariana Santana, a iniciativa não foi desenvolvida apenas para um ganho pessoal, e sim para o benefício de uma comunidade. “Este projeto trará para os jovens a visão de que as nossas ações no mundo geram impactos que devem ser observados e transformados.

O conhecimento do consumo consciente e seus efeitos positivos para o mundo será abordado como um dos pilares principais do Empreendedorismo Sustentável”, afirmou.

O projeto acontece em duas etapas.
Na primeira, 150 jovens irão participar de uma metodologia de mapeamento dos problemas ambientais nas suas comunidades.

 Ao final desta etapa, os estudantes serão orientados a criar em grupo, projetos de empreendimentos sustentáveis para serem desenvolvidos. Serão selecionados 10 projetos para a segunda fase do Empreendedorismo Sustentável.

No segundo momento, serão realizadas oficinas sobre Empreendedorismo Sustentável, na qual os participantes terão acesso a material e suporte técnico para qualificar e desenvolver suas ideias de negócios sustentáveis. Ao concluírem a segunda etapa, dois projetos serão selecionados e receberão apoio financeiro para serem colocados em prática.

Os cursos serão realizados nas seguintes instituições: Fundação Getúlio Vargas – FGV (turno manhã), Faculdade de Duque de Caxias/ Uniesp (turno tarde), ASSECAMPE (turno manhã), UBRAPA (turno tarde), Instituto da Construção (turno tarde), FEUDUC (turno tarde).

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo telefone: (21) 3537-3821, ou pelo e-mail: contato@institutoempreender.org
Fonte: Caxias Digital

Novo equipamento do Senac RJ auxilia alunos do curso de Cuidador de Idoso a entender os efeitos da velhice. Kit didático simula as dificuldades de locomoção, audição e visão que os idosos enfrentam no dia a dia.

Novo equipamento do Senac RJ auxilia alunos do curso de Cuidador de Idoso a entender os efeitos da velhice
Os alunos do curso de capacitação em Cuidador de Idoso do Senac RJ terão acesso a uma nova ferramenta de ensino que vai demonstrar, na prática, os efeitos da idade no corpo humano. O Simulador Avançado dos Efeitos da Velhice é um kit com equipamentos que permitem ao usuário sentir as dificuldades físicas decorrentes do envelhecimento. O Senac RJ é pioneiro na utilização da ferramenta, recém-adquirida para as 20 turmas do curso no estado.

“Com esse equipamento, de última geração, vamos proporcionar aos alunos vivenciar as limitações inerentes à velhice. O objetivo é aprofundar a capacidade de compreensão dos estudantes em relação às dificuldades enfrentadas pelo idoso para que, dessa forma, eles possam melhor planejar e executar os cuidados assistenciais necessários”, afirma Manoel Silva, especialista de Saúde do Senac RJ.

O novo material didático permite simular, por exemplo, a dificuldade de locomoção provocada pelo envelhecimento dos músculos. Um protetor dorsal restringe a postura, forçando o aluno a assumir uma posição flexionada comum aos idosos e a bengala mostra como o idoso pode se apoiar para facilitar a movimentação. Pesos para os tornozelos e pulsos demonstram a perda de músculo e redução da força. Já pads para os joelhos dão a sensação de lentidão dos movimentos das pernas. Pads para dedos e cotovelos também restringem o movimento das articulações e uma luva simula a perda do sentido do tato. Já um óculos especial permite testar as mudanças na função visual, tais como a perda da visão periférica e os sintomas da catarata. A redução da função auditiva é simulada com plugs de ouvido.

Cuidador de Idoso
O Cuidador é responsável por auxiliar o idoso que apresenta limitações para realizar as atividades do dia a dia. O curso do Senac RJ, com duração de 160 horas presenciais, capacita pessoas interessadas em atuar profissionalmente em casas de repouso, clubes da terceira idade e no acompanhamento particular. Os alunos aprendem a cuidar da higiene pessoal do idoso e do ambiente, considerando princípios de saúde e segurança, e a zelar pela alimentação.

O profissional faz o elo com a família e acompanha o idoso aos serviços de saúde e em outras obrigações, além de promover atividades de entretenimento e de integração social, visando a melhoria da qualidade de vida. Também cabe ao profissional ficar atento a eventuais alterações no estado geral do idoso e identificar sinais de alerta que demandem providências médicas ou psicológicas. O curso pode ser feito gratuitamente pelo Programa Senac de Gratuidade (PSG) ou pelo Pronatec.

O Senac RJ
O Senac RJ é uma instituição de ensino que atua há 69 anos na profissionalização de mão de obra para setor de comércio de bens, serviços e turismo no Estado do Rio. Atualmente, é referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 77% de empregabilidade nos últimos anos, e investe fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho. Com 39 unidades em todo o estado do Rio, de 2010 a 2013 o Senac RJ passou de 13 mil para 81 mil alunos.
Fonte: Caxias Digital

CONHEÇA NOVAS REGRAS PARA O SEGURO DESEMPREGO. Secretaria de Trabalho divulga cartilha com informações básicas sobre o novo formato do benefício.

A Secretaria de Trabalho e Renda (Setrab) decidiu publicar uma cartilha para esclarecer as dúvidas dos trabalhadores sobre as novas regras de entrada no Seguro Desemprego (SD). As mudanças referentes ao pagamento do benefício são válidas para quem foi demitido a partir do dia 28 de fevereiro de 2015.

De acordo com o Ministério do Trabalho, na primeira solicitação, o trabalhador poderá receber quatro parcelas, se tiver trabalhado entre 18 e 23 meses nos 36 meses anteriores. Poderá receber cinco parcelas, se tiver trabalhado a partir de 24 meses nos 36 meses anteriores. Já na segunda solicitação, ele poderá receber quatro parcelas, se tiver trabalhado entre 12 e 24 meses nos 36 meses anteriores.

A partir da terceira solicitação do SD, vale a regra anterior, que prevê o recebimento de três parcelas para quem trabalhou entre seis e 11 meses nos 36 meses anteriores. Para receber quatro parcelas do seguro-desemprego, ele terá de ter trabalhado entre 12 e 23 meses nos 36 meses anteriores e para receber cinco parcelas terá de ter trabalhado por, pelo menos, 24 meses nos 36 meses anteriores.

Para aqueles que foram demitidos antes do dia 28 de fevereiro, continua valendo a regra antiga, com o prazo de 120 dias a partir da demissão.

Novas regras
Conforme Medida Provisória nº 665 de 30/12/2014, segue abaixo alteração na Lei do Seguro Desemprego.
Entrada ao seguro desemprego para quem foi demitido a partir de 28/02/2015:

Para 1ª solicitação:
- ter sido demitido sem justa causa;
- ter recebido 18 salários, consecutivos ou não, nos últimos 24 meses imediatamente anteriores à dispensa,
- ter trabalhado 18 meses, consecutivos ou não, nos últimos 36 meses.
- não possuir renda própria e
- não estar recebendo benefício da Previdência Social (exceto auxílio acidente e pensão por morte).

Para 2ª solicitação:
- ter sido demitido sem justa causa;
- ter recebido 12 salários, consecutivos ou não, nos últimos 16 meses imediatamente anteriores à dispensa,
- ter trabalhado 12 meses, consecutivos ou não, nos últimos 36 meses imediatamente anteriores à dispensa.
- não possuir renda própria e
- não estar recebendo benefício da Previdência Social (exceto auxílio acidente e pensão por morte).

Para 3ª Solicitação:
- ter sido demitido sem justa causa;
- ter recebido seis salários consecutivos;
- ter trabalhado pelo menos seis meses nos últimos 36 (trinta e seis) meses que antecedem a data da demissão;
- não possuir renda própria e
- não estar recebendo benefício da Previdência Social (exceto auxílio acidente e pensão por morte).
Fonte: Ascom da Secretaria de Trabalho/Governo do Estado RJ

NOVO ACESSO NA VIA DUTRA É INAUGURADO.

 Agulha foi construída entre a rodovia e a Linha Vermelha, em São João de Meriti.
O governador Luiz Fernando Pezão participou da inauguração, nesta quinta feira (26/03), do novo acesso na Rodovia Presidente Dutra, em São João de Meriti, no sentido São Paulo, que vai reduzir os engarrafamentos rotineiros na pista lateral da via e na Linha Vermelha. Solicitada pelo Governo do Estado, a obra foi realizada pela concessionária CRR Dutra, sob autorização da ANTT, e recebeu investimentos de aproximadamente R$ 3,2 milhões.
Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, o novo acesso vai melhorar o deslocamento de motoristas da Baixada Fluminense que trafegam pela via. Pezão afirmou ainda que já conversou com a presidente Dilma Rousseff sobre a necessidade de melhorias na descida da Serra das Araras.

– Esta obra é importantíssima. Quando a Via Dutra foi concessionada, os prefeitos não foram ouvidos. Diversas obras precisam ser feitas ao longo da rodovia, como passarelas, retornos e viadutos.

Temos batalhado, conversado com a ANTT. Queremos tirar do papel, por exemplo, a descida da Serra das Araras. Quase todo dia tem acidente. Ela não foi preparada para os caminhões e carretas que circulam por lá hoje. A presidente Dilma garantiu que chegará, até o fim de abril, a um bom termo com a concessionária para fazer esta obra – disse o governador.
O novo acesso da Via Dutra tem 400 metros. Foram realizados serviços de drenagem, reconstrução de pavimento e implantação de muretas de concreto separando a pista central da lateral.
- Esta altura da rodovia sempre foi um ponto crítico de congestionamento. O tráfego ficava represado, refletindo em outras vias. O grande ganho é que o fluxo fica dividido, diminuindo consideravelmente o congestionamento e facilitando o tráfego de quem vai para Baixada Fluminense pela Linha Vermelha– explicou o secretário de Estado de Transportes, Carlos Roberto Osorio.
Fonte: Governo do Estado RJ
Texto: Julia de Brito // Fotos: Shana Reis

GAT detém elementos que praticavam roubos em Belford Roxo.

Nesta quarta-feira (25 de março), policiais militares do GAT (Grupamento de Ações Táticas) do 39ºBPM, formado pelos Sgts. Da Silva, Santos, Marcelo, Silva, Cb Andrade e Sd Barcellos, em patrulhamento pela Avenida Automóvel Clube, nos Três Setas, deparou-se com um casal em uma motocicleta solicitando ajuda. 

Segundo o casal, eles foram abordados por dois elementos em um veículo Celta, cor prata, que haviam tentado roubá-los. 

Os policiais ao procederem pela Avenida Joaquim da Costa Lima, nas proximidades do Parque Esperança, abordaram dois indivíduos com as mesmas características informadas pelo casal e apreenderam com os suspeitos um simulacro (réplica) de pistola dentro do veículo. 

Eles foram encaminhados à 54ªDP (Belford Roxo). A polícia aguarda mais vítimas para reconhecimento dos suspeitos.
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Polícia liberta reféns e recupera carga de bebidas após criminosos atacarem caminhão em Belford Roxo.

Policiais Militares do 39º BPM (Belford Roxo) recuperaram na tarde da última terça-feira, por volta das 14h40m, uma carga de bebidas roubadas no mesmo dia por criminosos de uma comunidade de Belford Roxo. 

De acordo com a PM, os agentes receberam a informação de que o material que havia sido roubado na Avenida Joaquim da Costa Lima, em São Vicente, estaria sendo descarregado na Rua Macuco, no Recanto Feliz. Após uma troca de tiros, os agentes conseguiram localizar os funcionários que haviam sido feitos refém. 

Os PMs tiveram o êxito de recuperar o caminhão da empresa, 105 caixas vazias de diversos tamanhos, 19 caixas cheias e grande quantidade de refrigerante. A ocorrência foi registrada na 54ª Delegacia de Polícia de Belford Roxo, sendo posteriormente encaminhada a Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC).
Fonte: Jornal Hora H

Municípios do Rio que não tiverem plano de cargos para Educação perderão verbas.

imagem ilustrativa.
Caberá à Comissão de Educação da Alerj, ao governo estadual e ao Ministério Público fiscalizar se as prefeituras terão respeitado a lei

Rio - Os municípios do Estado do Rio que não tiverem plano de cargos, carreiras e vencimentos para os profissionais da Educação da rede pública vão perder os repasses não obrigatórios de verba estadual. A medida consta em projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). As cidades terão um ano após a publicação da lei para se adequar. Para não perder as verbas é necessário elaborar e aprovar plano para a carreira. 

Caberá à Comissão de Educação da Alerj, ao governo estadual e ao Ministério Público fiscalizar se as prefeituras terão respeitado a lei. O governador Luiz Fernando Pezão terá 15 dias para sancionar ou vetar o texto. O Palácio Guanabara informou à coluna que o texto chegou ontem ao Executivo e ainda será analisado. 

Autor do projeto de lei, o deputado Comte Bittencourt (PPS) explicou que o texto tem como princípio a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que garante a valorização dos profissionais da Educação por meio de ingresso por concurso público, progressão funcional e avaliação, entre outros. Segundo o parlamentar, o objeto da lei é forçar os municípios a cumprirem o que determina a legislação: “Quando dói no bolso, a atenção é maior. Esperamos que com o corte das verbas não obrigatórias, os prefeitos se dediquem mais para o Magistério”. 

Segundo ele, as emendas parlamentares são exemplos de transferências não obrigatórias. Por exemplo, quando há um programa de asfaltamento nas cidades do interior. As verbas constitucionais não serão afetadas.

GREVE DE 24 HORAS 
Os profissionais de Educação estadual vão promover paralisação de 24 horas no próximo dia 1º de abril. O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) agendou aula pública nas escadarias da Alerj às 15h. No fim da tarde está prevista uma caminhada até a Cinelândia com os integrantes da Educação de outras redes públicas.

NAS ESCOLAS 
O Sepe também promove hoje (26/3) o “Dia D da Educação”, sob o tema de que a categoria não vai pagar pela crise orçamentária no estado. A proposta do sindicato é que haja debate em algumas salas de aula para discutir saídas para os problemas enfrentados em algumas unidades educacionais.
Fonte: ALESSANDRA HORTO/O Dia

Foram prorrogadas até 23 de abril as inscrições para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens, o ProJovem Urbano, em Belford Roxo.

Atenção jovens de Belford Roxo assista este vídeo!Foram prorrogadas até 23 de abril as inscrições para o Programa... Posted by Dennis Dauttmam on Quinta, 26 de março de 2015
Fonte: PMBR 

Professores da Rede Municipal de Belford Roxo participam de Capacitação com ONG internacional.

Prefeito Dennis Dauttmam, Secretários e Assessores participaram no dia 21 de março, na Casa de Cultura de Belford Roxo, do primeiro evento em parceria com a organização internacional Special Olympics.
Cerca de 90 professores de educação física da rede, participaram da capacitados para ensinar esportes para nossas crianças autistas e deficientes intelectuais. Essa é mais uma conquista da nossa cidade.
Fonte: PMBR Fotos: Claudio de Assis

CONCURSO CULTURAL DE REDAÇÃO DE BELFORD ROXO entra na etapa final

No próximo dia 26 (quinta-feira) acontecerá a etapa municipal do Concurso Cultural de Redação de Belford Roxo que, nesta 2a ed. aborda o tema da Cidadania, fazendo um convite aos nossos alunos para uma reflexão sobre o seu papel enquanto cidadão, para a melhoria da qualidade de vida do lugar onde vivem.
Essa etapa será realizada, no CIEP Casemiro Meirelles, em dois horários:
9 horas - para os alunos da categoria 1 (5° ano de escolaridade)
13 horas - para os alunos das categorias 2 e 3 (6° ao 9° ano de escolaridade)
Participam dessa etapa os alunos que foram devidamente inscritos junto a Divisão de Implementação de Leitura da SEMED.
Fonte: SEMED/PMBR

FALA BAIXADA exibe reportagem sobre construção da Passarela do Babi para SGT Roncalli.

A luta dos moradores de Recantus por uma passarela vem de longa data e fico muito feliz que através do nosso governo este sonho será realizado. Desabafou o prefeito Dennis Dauttmam em sua página no Facebook.
Posted by Dennis Dauttmam on Sábado, 21 de março de 2015

UPA Bom Pastor recebe melhorias.



A Prefeitura de Belford Roxo está restruturando a saúde de Belford Roxo com reformas em andamento em várias unidades do município e promete que logo a população irá desfrutar das novas instalações e melhorias. Uma delas é a pediatria da Upa do Bom Pastor que vem recebendo melhorias e mudando pra melhor!
 
 
O Prefeito Dennis Dauttmam está acompanhando diariamente o trabalho e esta contentes com o andamento de cada obra que segue em ritmo acelerado".
Fonte: PMBR

Secretaria de Assitência Social apresenta Construção do Projeto Minha Vocação, Minha Profissão.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo de Adolescentes da Semasdh está na Construção do Projeto Minha Vocação, Minha Profissão. Onde Cada Pólo Integrados com Outros de sua área de abrangência, apresentam as atribuições de cada profissão.

No último dia 19 de Março de 2015 no CRAS Xavantes os pólos do CRAS Shangrilá e Nova Aurora assistiram o depoimento de vida do Atleta Para Olímpico Anderson Dias, que abordou o tema: Transportando Barreiras no Mundo do Esporte.
A Culminância de todos os pólos será no próximo dia 26 de Março de 2015 Das 10 às 16h no CRAS Babi.

Equipe 01: CRAS Babi, Cras St Marta, Cras Roncale – Profissões: Forças Armadas, Cozinheiro e Veterinária.

Equipe 02: CRAS Lote XV, Cras Wona, Cras Jd Ipê – Profissões: Recreação e Arte
Equipe 03: CRAS Pq Suécia, Cras Bom Pastor, Cras Centro – Amostra de Profissões
Equipe 04: CRAS Shangrilá, Cras Nova Aurora, Cras Xavantes- Profissões: Enfermeiro, Fotografo, Esportista.
Fonte: Semasdh/PMBR

Prefeitura de Belford Roxo promove Formatura do curso PRONATEC/SENAI Eletricista Predial Baixa Tensão.


Dia 24/03/15, a Semasdh Belford Roxo realizou na FUNBEL a Cerimônia de Formatura da 4ª Turma de Eletricista Predial de Baixa Tensão – Pronatec/Senai. Com a presença dos alunos, Familiares, Coordenadores dos CRAS/CREAS , Subsecretárias Cristina Marques, Elaine Medeiros, Sheila Boechat e Corpo Técnico do Senai Nova Iguaçu, os formandos receberam o Certificado de Conclusão do Curso, realizado no final do ano 2014 com duração de 03 meses no CRAS Wona.
Resultado do comprometimento da Semasdh Belford Roxo na efetivação da Política Nacional de Assistência, executando desta forma a promoção do indivíduo através da qualificação profissional.
Fonte: SEMASDH/PMBR

Ministro das Cidades e Governador entregam 300 apartamentos do Condomínio MCMV Trio de Ouro.

'Segurança de conjuntos habitacionais é luta constante', diz Pezão
Governador afirma que se colocou à disposição do ministro da Justiça.
Força especial deve recuperar apartamentos ocupados por criminosos.
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e o ministro de Cidades, Gilberto Kassab, entregaram, nesta terça-feira (24), 300 unidades habitacionais do condomínio Trio de Ouro, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. As residências fazem parte do Programa Minha Casa, Minha Vida e tiveram um investimento de R$ 20 milhões. Sobre a manutenção da segurança nos conjuntos habitacionais, o governador do Estado do Rio afirmou esta é uma luta constante.
Luiz Fernando Pezão e Gilberto Kassab visitam uma das
moradias do 'Minha Casa, Minha Vida.' (
Foto: Mariucha Machado/ G1)
"Em todas as habitações que têm recursos federais o pedido do uso da força policial é da Polícia Federal. Nós assinamos um convênio com o ministro José Eduardo e vamos fazer diversas operações. Nós já recuperamos diversos apartamentos em Manguinhos, junto com a contribuição da Policia Federal e vamos intensificar esta parceria. O ministro está escalando uma força especial, assim como José Mariano Beltrame, para nós retornarmos esses apartamentos".
Pezão afirmou ainda que se colocou à disposição do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e está em contato permanente com ele. Uma série de reportagens publicada pelo Jornal Extra nesta semana mostra que todos os condomínios do programa habitacional do governo federal são alvo de criminosos.
Gilberto Kassab afirmou que o governo federal está à disposição para enfrentar essas ações criminosas e ressaltou a importância do "Minha Casa, Minha Vida" para o governo federal.
Governador do Rio e ministro das Cidades entregam
chave para moradora. (Foto: Mariucha Machado/ G1)
"Em nove anos, 6,7 milhões de casas foram construídas no Brasil. Este é um programa social no qual o governador e a presidenta Dilma acreditam", afirmou Kassab.

Durante o discurso, Pezão ressaltou que Kassab ajudou na desburocratização das verbas junto ao governo federal. "Se nós estamos aqui é porque houve parceria. Todos nós queremos entregar e trabalhar, mas as vezes encontramos percalços". O governador fez questão de ressaltar que este trabalho teve inicio no governo de Lula.
 
"O Estado do Rio e a Baixada Fluminense foram os que mais aproveitaram os recursos do programa Minha Casa, Minha Vida", disse Pezão.
O governador prometeu colocar água na Baixada Fluminense. Segundo ele, as obras já estão sendo licitadas. "Nós vamos pagar a divida que temos com a Baixada".
 
Conjunto Trio de Ouro faz parte do PROJETO IGUAÇU Conheça o projeto de implantação do conjunto no link: http://projetoiguacu.com.br/index.php/projeto-iguacu/habitacao/item/40-trio-de-ouro
A família de Mônica de Oliveira foi uma das
beneficiadas. (Foto: Mariucha Machado/ G1)
A dona de casa Barbara Helena recebeu a chave de casa das mãos do governador e do ministro."Não é todo dia que a gente ganha um presente desse", disse emocionada.
"Eu estou muito feliz em receber essa casa", disse a dona de Monica Oliveira, mãe de duas meninas.
O motorista Antônio Ricardo contou que morava em uma comunidade e ficava muito longe do trabalho. "Retornar pra cá vai ser muito bom. A gente vai receber as chaves hoje, só não sei quando a gente vai poder fazer a mudança".

Quarenta e oito mil unidades estão em produção na Baixada Fluminense, informou Claudio Martins, superintendente da Caixa Econômica Federal (CEF).
Fonte: Mariucha Machado/G1

Polícia prende homem com erva e pó em Santa Tereza, em Belford Roxo.


Wagner Almeida de Souza, 40 anos, conhecido como Cabeção, foi preso na noite da última segunda-feira, por suspeita de tráfico de drogas próximo a localidade Santa Tereza, em Belford Roxo.

De acordo com policiais do 39º BPM (Belford Roxo), os agentes em patrulhamento intensificado na área perceberam a colocação de barricadas por parte de criminosos, durante buscas pelo local os PMs identificaram o suspeito. Com Cabeção os agentes encontraram 160 papelotes de cocaína e 45 sacolés de maconha, ele foi encaminhado para a 54ª Delegacia de Polícia de Belford Roxo, onde o caso foi registrado.
Fonte: Jornal Hora H

terça-feira, 24 de março de 2015

Remoção sem auxílio: Obras para recuperar rios da Baixada que, em sete anos, já consumiram R$ 450 milhões estão paradas.

Rafaela olha para o rio Botas, que fica em frente da sua casa Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo
À margem do Rio Botas, na casa de Rafaela Gomes, de 23 anos, em Nova Iguaçu, a água não chega. Mãe de Rafael Henrique, de 3 anos, ela conta com a ajuda de vizinhos para abastecer o lar. Maria Guandu esteve na Baixada e viu de perto que moradores das imediações dos três mais importantes rios da Baixada — o Botas, o Iguaçu e o Sarapuí —, não têm o que comemorar neste domingo, Dia Mundial da Água. Além do descaso com o recurso natural em plena crise hídrica, os R$ 450 milhões em verba federal investidos na recuperação dos leitos foram “pelo ralo”.

Para dar fim às enchentes, segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), os três receberam obras do Projeto Iguaçu pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que tinha como objetivo o desassoreamento e a adequação das calhas, além da construção de parques e reassentamento de famílias. Hoje, o projeto está parado.

Finalizada em 2014, a primeira etapa, no entanto, não conseguiu mudar a situação. Isso porque não foi construída rede de saneamento, e o esgoto continua sendo despejado in natura.

— Com redes de coleta e tratamento, você evita que a poluição se renove, e, só então, começa a despoluição — diz o hidrologista da Coppe- UFRJ, Paulo Carneiro.

O Inea admite que só alguns pontos dos rios — “os mais críticos” — foram alvo da primeira fase do programa. Na última quinta-feira, Maria Guandu encontrou vários trechos, ao longo dos 43 quilômetros do Botas, com problemas. No Pontilhão, onde Rafaela mora, a falta de coleta de lixo colabora para o assoreamento e as enchentes.

— No dia em que me mudei, caiu uma chuva e perdi vários móveis — conta Rafaela.

A situação é bem parecida no Sarapuí e no Iguaçu, que agonizam com lixo e esgoto. Morador do Lote XV, às margens do Iguaçu, em Caxias, João Sá, de 50 anos, conta que o rio sempre enche.

— Toda chuva que cai alaga até quatro quarteirões depois do rio.
Segundo o Inea, o Projeto Iguaçu começou em 2007 e parou em 2014, quando foi concluída a primeira fase, que consumiu R$ 450 milhões. Na teoria, seriam beneficiados os municípios de Nilópolis, Mesquita, Meriti, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Caxias e Bangu, na Zona Oeste do Rio. Foram construídas três pontes, uma passarela e dois piscinões.

Em sete anos, foram dragados 65 km de rios e canais, e removidos 5,58 milhões de toneladas de lama e lixo e 20 mil pneus. E, ao todo, 3.986 famílias em área de risco seriam reassentadas.

Remoção sem auxílio
Valdir espera pela promessa de indenização
Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo
Ao lado do Rio Sarapuí, em Bom Pastor, Belford Roxo, Valdir Soares Junior, de 43 anos, ganhava seu sustento com um ferro-velho em terreno que alugava por R$ 2 mil por mês. Com as obras do Inea, Valdir foi desalojado em dezembro. Ficou sem trabalho, mas ganhou a promessa de que seria indenizado. Ele sairia do local de risco, e as obras melhorariam a qualidade da água. Parecia um bom negócio.

— Eles (que seriam funcionários do Inea) vieram aqui em dezembro. Me cadastraram e disseram que eu receberia uma indenização no valor do aluguel que eu pagava.

O dinheiro nunca veio. Sem renda, ele voltou a ocupar o lugar apenas um mês depois de ser removido. Só que agora, do lado de uma cratera de 50 metros de profundidade. Mas nem sinal de operários na obra.

— Vieram aqui um dia e disseram que eu tinha que sair e derrubaram tudo no mesmo dia. Ninguém veio aqui avisar antes. Disseram que eu iria receber uma indenização, mas até hoje não recebi nada. Voltei para cá porque preciso sobreviver, a gente não faz porque quer. Sou casado e tenho um filho de 2 anos que pede leite — justifica Valdir.

Procurado, o Inea não comentou o caso de Valdir. Informou que a remoção de famílias é realizada com base em lei e prevê realocação e indenização, compra assistida ou unidade habitacional. Aos inquilinos, é pago um auxílio no valor de R$1,2 mil. A moradores que escolhem unidade habitacional é pago o aluguel provisório de R$ 400 até a entrega da nova casa.

Confira a nota na íntegra:
"O Inea informa que a realocação de famílias é realizada com base no decreto 43.415/2012, que prevê como modalidades de realocação a indenização, compra assistida ou unidade habitacional.
No caso de benfeitorias alugadas, ao proprietário é previsto apenas a modalidade indenização e aos inquilinos pagamento de um auxílio financeiro no valor fixo de R$1,2 mil. Aos moradores que optam pela modalidade unidade habitacional é garantido pagamento de aluguel provisório mensal no valor de R$400,00 até a entrega da nova moradia.

Ao longo do período de execução do Projeto Iguaçu foram realizadas 3.986 realocações, totalizando R$116.788.311,20, além de mais de 200 alugueis provisórios pagos mensalmente às famílias que aguardam a entrega das chaves de novas unidades habitacionais.

Destacamos que nossa equipe de trabalho social realiza diariamente dezenas de atendimentos telefônicos orientando e tirando dúvidas de famílias realocadas ou em áreas de intervenção de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, pelo telefone 2332-5293"
Fonte: Bibiana Maia/Extra Mais Baixada

Oportunidade: Seminário de Formação Política promete mobilizar lideranças da baixada em Nova Iguaçu no próximo sábado 28.

Conforme cartaz abaixo, acontece no próximo sábado, dia 28 de março de 2015, das 8h30 às 12h30, o Seminário de Formação Política: projeto de lei de iniciativa popular para a Reforma Política democrática.

O encontro contará com a participação do Juiz Marlon Reis (redator do projeto de Lei de Iniciativa Popular por Reforma Política Democrática), Profa. Dra. Mônica Martins (Curso de História da UFRRJ/Campus Nova Iguaçu), Deputado Federal Alessandro Molon e Prof. Dr. Percival Tavares da Silva (Coordenação do Comitê Popular da Baixada Fluminense/NuFiPE-UFF).

Trata-se de um evento aberto ao público em geral realizado pela Coalização Democrática e pelo Comitê Popular da Baixada Fluminense por Reforma Política Democrática que há tempo lutam e recolhem assinaturas para um projeto de reforma política popular e democrática com uma Constituinte específica, fruto da junção de duas campanhas populares, a do Projeto de Lei de Iniciativa Popular e a do Plebiscito Constituinte.

O Seminário tem como principal objetivo estimular a discussão, na Universidade e na sociedade como um todo, sobre o projeto de lei de iniciativa popular para a reforma política subscrita por milhares de cidadãos e centenas de parlamentares no Congresso Nacional, bem como as estratégias de atuação da sociedade civil organizada para a aprovação desta proposta de iniciativa popular. 
Será conferido certificado para os participantes!

Prefeito Dennis Dauttmam visita obras de revitalização em Belford Roxo.

Seguindo com as vistorias nas obras que acontecem no município de Belford Roxo, o prefeito Dennis Dauttmam esteve na manhã desta segunda-feira, dia 23 de março, nos bairros Jardim Silvana e Parque São José, para verificar o andamento do trabalho de reestruturação da Policlínica Regional de Parque São José e do Ciep Municipalizado Simone Beauvoir. O projeto, que está sendo realizado com recursos próprios do município visa a melhoria na qualidade de vida dos belforroxenses.
Em obras desde janeiro deste ano, a reformulação do Ciep Simone Beauvoir está a todo vapor. Cerca de 700 alunos serão beneficiados com os reparos na unidade escolar, na qual estão sendo reformados pátio, cozinha, refeitório, quadra esportiva, salas de aula, secretaria, rede elétrica e pintura. Além da modificação dos banheiros, que foram adaptados para portadores de necessidades especiais, e a construção de uma biblioteca. 
“O investimento na área da educação é o dever de qualquer governante, pois ela é o início de tudo. Quero transformar nossas escolas uma referência na área de educação, não apenas na região, mas em todo o estado”, afirmou Dauttmam.

Não são apenas os reparos do Ciep Simone Beauvoir que estão em andamento, após a visita surpresa do prefeito Dennis Dauttmam a Policlínica Regional de Parque São José na semana passada, as obras de reestruturação da unidade de saúde já começaram. Tais como: melhoria no atendimento a população, readequação em salas de atendimentos, climatização, pintura etc.
Mesmo com pouco tempo de intervenção, já se pode ver resultados. Longe da Policlínica Regional de Parque São José há 6 anos, dona Lea comemora as mudanças que estão sendo feitas. “Fico muito feliz com o que está acontecendo, primeiro pela mudança na diretoria, pois nova administradora, Cátia Rodrigues, está fazendo essa unidade funcionar, e segundo pelas obras pois a Policlínica estava em estado de abandono. Muito obrigada senhor prefeito”, disse.
Para Dennis Dauttmam todos os belforroxenses merecem atendimento de qualidade tanto profissional quanto estrutural. “Saúde e educação é prioridade em nosso governo, não estamos medindo esforços para trazer para a população de Belford Roxo a dignidade que eles merecem”, concluiu.​
Fonte: PMBR

Jovem é morto a tiros no Jardim do Ipê, em Belford Roxo.

Na noite do sábado (21 de março), por volta das 20 horas, Wancler Britto, de 20 anos, foi assassinado a tiros no bairro Jardim do Ipê, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Segundo informações, Wancler não era envolvido com tráfico. Conhecidos da vítima não souberam informar o que teria motivado o crime.

A Divisão de Homicídios da Baixada investigará o caso.
Fonte: Notícias de Belford Roxo

Centro POP garantindo a cidadania em Belford Roxo.

Inaugurado em 2014 no município de Belford Roxo pelo prefeito Dennis Dauttmam e pela secretária Sula do Carmo.

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), previsto no Decreto nº 7.053/2009 e na Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, constitui-se em unidade de referência da Proteção Social Especial de Média Complexidade, de natureza pública e estatal. Diferentemente do CREAS, que atua com diversos públicos e oferta, obrigatoriamente, o PAEFI, o Centro POP volta-se, especificamente, para o atendimento especializado à população em situação de rua, devendo ofertar, obrigatoriamente, o Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua.

O Centro POP representa espaço de referência para o convívio grupal, social e para o desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito.

Na atenção ofertada no Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua deve-se proporcionar vivências para o alcance da autonomia, estimulando, além disso, a organização, a mobilização e a participação social.

Com o Projeto Belford Roxo com Nome e Sobrenome , foi possível garantir em curto espaço de tempo que o Sr. Antônio Eloy de Assis tivesse seu direito de cidadão garantido, recebendo da equipe técnica sua Certidão de Nascimento aos 69 anos de Idade.

Em acompanhamento no Centro POP, Sr. Antônio foi assistido pela equipe técnica, que em Articulação com o Abrigo Bom Samaritano, obteve uma vaga para a garantia de seu bem estar e promoção.
Centro Pop esta localizado na Estrada Plínio Casado, 3.968 - Centro - Belford Roxo/RJ - Tel. 3662-5331.
Divulgação
Foto Junior Moares