Comments

Empresários da FIRJAN escolhem seus líderes na Baixada Fluminense.

Os Conselhos Empresariais das Representações Regionais da FIRJAN na Baixada Fluminense Áreas I e II, Nova Iguaçu e Duque de Caxias, respectivamente, escolheram seus líderes na região. Os mandatos vão de 2016 a 2017. 

Em Duque de Caxias, para a presidência do Conselho Empresarial da Representação Regional da FIRJAN/CIRJ Baixada Fluminense Área II, foi mantido o empresário Roberto Leverone, proprietário da Floc Têxtil Indústria e Comércio LTDA e da Floc Indústria e Comércio LTDA, ambas em Magé e há 40 anos no mercado. Os empresários também indicaram Jorge Rodrigues, proprietário da JR Engenharia, em Duque de Caxias, e presidente do Sindicato das Indústrias de Construção Civil e do Mobiliário Engenharia (SINCOCIMO), para permanência na vice-presidência do conselho. 

Segundo Leverone, o Conselho Empresarial seguirá firme no trabalho de desenvolvimento e fortalecimento das indústrias da região. “Nosso objetivo é tentar resolver problemas que afetam as indústrias, como a ampliação e a preservação das margens do Arco Metropolitano, e a construção do Anel Viário de Campos Elíseos. Esses são alguns dos investimentos mais importantes para que os municípios da Baixada Fluminense voltem a crescer”, destacou o presidente.

Na Baixada Área II, o Conselho Empresarial é composto por 35 empresas, que discutem as dificuldades da classe empresarial de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Magé, Miguel Pereira, Paty do Alferes e São João de Meriti. 

E em Nova Iguaçu, para a presidência do Conselho Empresarial da Representação Regional FIRJAN/CIRJ Baixada Área I, Carlos Erane de Aguiar, proprietário da Condor Tecnologias Não-Letais, localizada na mesma cidade e há 30 anos no mercado, e presidente do Conselho Empresarial de Defesa e Segurança da Federação, também permanecerá no cargo. Marcelo Kaiuca, proprietário da Multibloco, no Distrito Industrial de Queimados, segue como vice-presidente. 

Para Erane, a reeleição representa o reconhecimento e a continuidade do trabalho desenvolvido. “Nosso grande desafio continuará sendo o Arco Metropolitano. Iremos lutar pela coibição da ocupação desordenada no entorno da via, focando na segurança, para que nossos produtos cheguem ao destino desejado. Para que as empresas possam se desenvolver, solicitaremos ainda ao Estado obras de infraestrutura na região, como fornecimento de água e investimentos para melhorar a mobilidade. Ampliar a Via Light até Queimados é mais uma das nossas prioridades”, enfatizou o presidente. 

Na Baixada Área I, o Conselho Empresarial é composto por 20 empresas, que debatem soluções para melhorar a competitividade das indústrias dos municípios de Itaguaí, Japeri, Mangaratiba, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados e Seropédica.
Fonte: Firjan
Share on Google Plus

About BelfordRoxoNotícias

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS RECENTES

TV BAIXADA